Os Testamentos e o futuro de The Handmaid’s Tale

07/08/2021 - POSTADO POR EM HQs/Livros E Séries
Post thumbnail

Recentemente, publicamos um texto falando sobre a continuação de O Conto da Aia (1985), o livro Os Testamentos (2019). Ambos são escritos por Margaret Atwood e se passam no mesmo universo que temos acompanhado também pela série de televisão The Handmaid’s Tale (2017-).

Logo após o lançamento da sequência, a Hulu afirmou ter interesse em fazer também uma adaptação da obra. Mas como funcionaria esse spin-off de The Handmaid’s Tale? E o que ele pode nos dizer sobre o futuro da série? Nos acompanhe neste texto para descobrir.

ATENÇÃO! ESSE TEXTO TEM SPOILERS DE OS TESTAMENTOS.

>VEJA TAMBÉM: ROTEIRO CAST: THE HANDMAID’S TALE É TUDO ISSO?

O que o futuro aguarda

The Handmaid’s Tale fechou o seu último ano com uma das melhores temporadas da série até então. A produção se tornou bastante popular desde sua estreia, figurando em muitas premiações e alcançando um bom envolvimento do seu público.

Não foi nenhuma surpresa saber que a série foi renovada para sua quinta temporada. Mas um debate comum entre os fãs é que o seriado já está se estendendo demais e logo deve chegar ao seu fim, principalmente se for para dar lugar à nova adaptação.

De acordo com o que vem sendo mostrado nas últimas temporadas, The Handmaid’s Tale parece estar se encaminhando para o que acontece em Os Testamentos. Isso ficou mais evidente com a saída de June (Elisabeth Moss) de Gilead, fato que era necessário para mover a trama, mas também é algo que acontece na continuação. 

Parece bem claro que enquanto a personagem estiver entre nós, a série não poderá ser abandonada, já que ela é a sua força motriz. Seria natural pensar que June vai morrer tentando cumprir a sua missão e só então passaremos para o spin-off. Embora isso não seja exatamente uma previsão do livro, é algo que podemos conjecturar baseado no seriado.

Imagem: Divulgação

Velha conhecida

Os Testamentos nos apresenta os pontos de vista de três mulheres diferentes: Tia Lydia, Agnes e Daisy. E cada uma delas pode nos indicar o que deve acontecer no futuro de The Handmaid’s Tale e também na sua continuação.

A personagem de Lydia (Ann Dowd) nós já vimos atuando na série, ela parece ser essencial para o treinamento das Aias, embora tenha perdido um pouco do status nas temporadas mais recentes. No livro podemos ver bem o seu nível de influência por ser uma das Tias fundadoras e uma grande doutrinadora de Gilead.

Porém, nem tudo é tão preto no branco e Tia Lydia se revela uma pessoa que está fazendo de tudo para destruir o regime por dentro. Caso você não se lembre, a quarta temporada apresentou uma cena entre as Tias que remetia diretamente à Santa Ceia, o que pode indicar que entre elas existe um Judas, e se for a própria Lydia?

Imagem: Divulgação

Irmãs

Outras duas personagens de destaque são Agnes e Daisy. A primeira é uma garota que cresceu em Gilead e precisa se submeter a todos os seus costumes, pois aquela é a única vida que ela conhece.

Se você se lembrar bem, Agnes é justamente o nome que a filha de June recebe ao ser “adotada” por uma família de Gilead. Então tudo leva a crer que é a mesma personagem, embora não existam menções aos encontros com sua verdadeira mãe.

Seguindo essa linha, podemos concluir que June iria falhar em tirar sua filha mais velha de Gilead e ela teria que crescer lá dentro. Essa seria uma parte interessante de ser adaptada justamente para conhecermos mais sobre como vivem as outras pessoas do regime, fora as Aias.

Agora partindo para Daisy, em determinado momento do livro é revelado que a mesma é na verdade a bebê Nicole. Na série, essa personagem é a segunda filha de June, que conseguiu ser levada para o Canadá por Emily (Alexis Bledel) e agora está sob os cuidados de Luke (O. T. Fagbenle) e Moira (Samira Wiley).

O spin-off faria bem em abordar a relação das irmãs, que tiveram criações tão diferentes, mas podem se encontrar e tentar seguir o propósito deixado por sua mãe. Dessa maneira, a continuação poderia seguir a história desse universo, porém com um ar renovado.

E você, está empolgado com o futuro da série e com esse spin-off? Comenta aqui o que não pode faltar na continuação de The Handmaid ‘s Tale.

Imagem: Divulgação