Veredito de Shadow Warrior 3

06/03/2022 - POSTADO POR EM Jogos
Post thumbnail

Produzido pelo estúdio Flying Wild Hog e publicado pela Devolver Digital, Shadow Warrior 3 já está disponível para PC, PlayStation 4 e Xbox One. O título marca o retorno triunfante do shogun Lo Wang e lança a série de tiro em primeira pessoa a um outro nível. Confira agora o que achamos do jogo! 

P.S: Tivemos a oportunidade de jogar o título no PlayStation 5

História da Marvel?

Logo nos primeiros minutos, você vai achar o nosso protagonista, shogun Lo Wang, parecido com algum outro personagem da cultura nerd. Talvez tenha dificuldade de lembrar, mas não há dúvidas que o estúdio se inspirou na Marvel, principalmente no mutante Deadpool. Isso fica muito claro devido a fatores como: linguagem brincalhona, equipamentos (lâmina e metralhadora) e atitudes questionáveis (rsrs). 

Mas do que se trata a história? A trama toda é muito simples e louca ao mesmo tempo. O mundo é completamente destruído quando um grande dragão é liberado do seu asilo mágico, deixando poucos sobreviventes. Lo Wang é um deles e reúne uma equipe bastante aleatória para derrotar esse bichão do mal. 

Assim como em The Guardians of Galaxy (2021), você vai ver integrantes que nunca deveriam estar juntos numa ocasião normal, porém o fim do mundo conseguiu reunir todos num mesmo lugar. Temos um guaxinim mágico, o deus Hoji, a bruxa Motoko e o antigo vilão Orochi Zilla. Cada um tem seu momento de relevância e diversão, criando memórias inesquecíveis. 

A história é dividida em 11 capítulos e pode ser concluída em 5 horas, para jogadores mais experientes. Isso não significa de forma alguma que o jogo é fácil, pelo contrário, tudo é muito desafiador e divertido. Certamente, todo o tempo investido valerá a pena. 

Há um ponto que não poderíamos deixar de comentar: o jogo está apenas legendado em português. Como tudo é frenético e louco, você possivelmente deve deixar passar elementos da história despercebidos porque estará matando monstros ou pulando de algum canto para outro. Neste aspecto, achamos que a dublagem em português seria bem-vinda para deixar a experiência mais completa, já que é bem complicado ficar lendo legenda enquanto o mundo está se acabando. 

Imagem: Divulgação

Gameplay alucinante 

Já jogou Doom (2016) ou Doom Eternal (2020)? Vai encontrar a mesma fórmula aqui. Basicamente, você percorre trajetos (pulando, usando gancho ou escalando paredes) para chegar até espaços dominados por monstros. Pronto, essa é a dinâmica que vai se repetir durante todo o jogo, mas calma que isso não é negativo. O Flying Wild Hog soube muito bem como trabalhar com os recursos, dando doses homeopáticas de novas armas e inimigos para deixar atrativo ao player.   

Nos cenários, é possível encontrar pontos escondidos, tanto para melhorar os equipamentos quanto as habilidades. Inclusive, existem seis tipos diferentes de armamento com três melhorias disponíveis, incluindo metralhadora, pistola e lâmina. Já nas habilidades, têm quatro segmentos (vida, recursos, explosivos, etc) com três melhorias disponíveis.  Por isso, é importante utilizar esses pontos com sabedoria para criar um personagem mais forte e preparado para os diferentes rivais. 

E falando em rivais, Shadow Warrior 3 é um prato cheio. Sem brincadeira alguma, você vai cansar de tanto encontrar bicho novo e feio, e cada um é mais forte e difícil que o outro. Pra mim, a toupeira é o pior de todos. Cansei de morrer por conta desse demônio, porque ele vive correndo pelo subsolo e aparecendo do nada em meio ao caos provocado pelos demais monstros

Se tem uma coisa que podemos dizer é que o jogo garante o ritmo frenético do começo ao fim. Tem horas que você vai se sentir sufocado de tanto monstro que aparece na sua tela. É tudo muito desafiador

Gráficos e performance 

Quando o jogo foi anunciado, tinha achado bastante estranho uma versão de nova geração não ter sido relevada. Jogamos a versão de PS4 no PS5, e podemos perceber pequenos problemas de performance. Não foi grave, mas deixou um gosto amargo na boca. Por exemplo: Tinha momentos que o jogo ficava sem som, e aí precisávamos fechar e abrir novamente para voltar ao normal. Fora isso ainda teve situações em que o jogo teve queda de frame rate

E detalhe: joguei o título durante a sua primeira semana, e não percebi grandes melhorias nesses aspectos vindo de atualizações. Espero que Flying Wild Hog resolva isso nos próximos dias, pois todos merecem a melhor experiência possível com Shadow Warrior 3.

Em relação aos gráficos, temos uma entrega excelente, principalmente para as cutscenes, que são bem memoráveis. Porém, não espere nada além do que o PS4 ou Xbox possam oferecer, já que não é um jogo de nova geração como Horizon Forbidden West (2022). 

Imagem: Divulgação

Veredito 

Shadow Warrior 3 é a sequência que todos sonhavam. Mesmo com pequenos problemas de performance, o título da Flying Wild Hog consegue oferecer uma história interessante com personagens carismáticos, além de muito tiro e bomba. Sem dúvidas, todos devem amar esse novo capítulo de shogun Lo Wang, que está disponível para PC, PlayStation 4 e Xbox One.

Imagem: Divulgação

Pontos positivos

-Gameplay frenética

-História divertida 

-Inimigos desafiadores 

Pontos negativos

– Problemas de performance 

– Ausência de dublagem 

NOTA: 8.5