Veredito de Super Mario 3D World + Bowser’s Fury

28/02/2021 - POSTADO POR EM Conteúdo E Jogos

Em homenagem aos 35 anos de Super Mario, a Nintendo resgatou e adaptou mais um jogo memorável do Wii U para o Nintendo Switch: o Super Mario 3D World + Bowser’s Fury. Diferente da obra original de 2013, a nova versão chega com conteúdos exclusivos, jogabilidade melhorada e gráficos revisados. 

Mas será que vale a pena comprar essa aventura remasterizada? Confira o veredito e descubra! 

Dois jogos num mesmo pacote! 

É isso mesmo! O jogo apresenta o mesmo conteúdo de Super Mario 3D World (2013) mais a expansão Bowser’s Fury.  Logo de cara, quando o jogador acessa o menu do título, é possível escolher entre as duas aventuras, que apresentam histórias distintas e independentes. Ou seja, você poderá jogar na ordem que quiser e não terá problema algum com a narrativa. 

Em Super Mario 3D World, a história segue a trama tradicional da franquia: Bowser sequestrou fadas e as aprisionou em castelos cheios de monstros. Aqui, você e seus amigos têm a opção de escolher entre Mario, Luigi, Peach e Toad para salvar o reino Sprixie Kingdom. E o melhor: cada personagem tem um estilo de jogo distinto. Por exemplo: Luigi pode pular muito alto e Peach pode flutuar por um curto período de tempo. 

Já em Bowser’s Fury, o famoso vilão da franquia perde o controle quando é infectado por uma tinta maligna. Isso acaba lhe transformando em um verdadeiro titã do mal, que ameaça um arquipélago e seus moradores por completo. Para resolver essa situação, Bowser Jr. chama Mario para descobrir o que aconteceu com o seu pai e restaurar o equilíbrio. Durante toda a aventura, Bowser Jr. é coadjuvante e pode ser controlado por algum amigo, o que garante diversão em dose dupla. Não existe time melhor para o serviço!

Bowser’s Fury é divertido? 

Se você jogou Super Mario Odyssey (2017), vai ficar bastante contente em controlar novamente o Mario em mapa aberto e cheio de atividades. Desde o início, o jogador tem total acesso a todos os locais, exceto áreas cobertas pela tinta do mal. 

Ao longo da sua jornada, que dura cerca de 4 horas, Bowser é uma ameaça constante. Isso porque o vilão acorda e fica furioso com a presença de Mario, disparando bolas de fogos em todo o cenário. É bom estar pronto para fugir e encarar o titã. 

Para combatê-lo, Mario pode usar os Giga Bells, verdadeiros sinos gigantes que deixam o personagem do tamanho do vilão. É neste momento que há um verdadeiro duelo de titãs, em que Mario e Bowser se enfrentam em batalhas épicas. A dinâmica, inclusive, lembra bastante a do Gigantamax de Pokémon Shield e Pokémon Sword (2019).

Correr, pular e gritar!

A jogabilidade do game só melhorou no Nintendo Switch, tanto nos tradicionais Joy-Con quanto no Pro Controller. Agora, é muito mais fácil controlar os personagens que eram desengonçados no Wii U, como Luigi e Peach. A precisão é bastante nítida e você conseguirá pular e derrotar inimigos sem problemas, então não tem porque culpar o controle pelos vacilos (rsrs). 

Uma boa notícia é que você não precisa comprar controles extras e nem periféricos adicionais para conseguir jogos com os amigos. Basta cada pessoa ficar com um  Joy-Con, separadamente, e está tudo resolvido. A diversão está garantida! 

Multiplayer online é muito bem-vindo 

Em tempos de pandemia, jogar presencialmente com os amigos tornou-se algo difícil. Por isso, uma das novidades da versão remasterizada é o multiplayer online. Agora, é possível jogar com uma galera e não promover aglomeração em casa. O sistema é bom e não apresenta problemas sérios ou travamentos durante as fases. 

O multiplayer é ótimo para passar dos níveis e evitar o “vazio” quando se joga sozinho, pois as fases são grandes e acabam deixam um espaço interessante para o jogador “solo” explorar e concluir tudo. 

Veredito 

Diferente dos outros jogos remasterizados para Nintendo Switch, como Donkey Kong Country: Tropical Freeze (2018), a Nintendo trouxe um jogo com novidades reais para quem já havia jogado o título de 2013 e buscava motivos para comprar essa nova versão.

Super Mario 3D World + Bowser’s Fury é a combinação perfeita para quem quer reviver um clássico e ainda curtir novas aventuras, especialmente se estiver com saudades de Super Mario Odyssey (2017). 

Agora, há melhorias gráficas, uma jogabilidade precisa e a opção de multiplayer online. Se você então nunca jogou Super Mario 3D World no Wii U, não tem pedida melhor para comentar os 35 anos da franquia mais amada dos videogames. 

Pontos Positivos: 

  • Fases bem construídas; 
  • Jogabilidade precisa;
  • Bowser’s Fury é incrível; 
  • Multiplayer online é bom.

Pontos Negativos:

  • Bowser’s Fury só tem 4 horas de duração; 
  • Fases grandes quando se joga sozinho. 

Nota: 9.0