Análise de Banishers: Ghosts of New Eden

10/03/2024 - POSTADO POR bet99 casino EM Jogos

Com títulos aclamados como Life is Strange, Tell Me Why e Twin Mirror em seu portfólio, a DON’T NOD Entertainment estabeleceu um padrão de excelência quando se trata de contar histórias cativantes que exploram temas complexos e emocionais. Agora, com o lançamento de Banishers: Ghosts of New Eden, o estúdio nos leva a uma nova aventura sobrenatural ambientada em New Eden.

Disponível para PlayStation 5, Xbox Series X|S e PC via Steam, o título promete mergulhar os jogadores em um mundo rico em mistérios e desafios, onde a linha entre o mundo dos vivos e o reino dos mortos é tênue e constantemente desafiada.

Confira agora o nosso veredito!

>> Confira a análise de Skull and Bones.

História

Em Banishers: Ghosts of New Eden, os jogadores são transportados para a misteriosa New Eden, nos Estados Unidos. Uma terrível maldição assola a região, trazendo doenças, pragas e desesperança, tudo causado por uma entidade maligna conhecida como Pesadelo.

O protagonista Red, juntamente com sua parceira Antea, são convocados para enfrentar o Pesadelo como habilidosos banidores, especialistas em lidar com o sobrenatural. No entanto, durante um confronto com a entidade, Antea é brutalmente assassinada, deixando Red ferido e questionando seu propósito.

Por um milagre, Red sobrevive e é confrontado pelo fantasma de Antea, determinado a encontrar vingança pela própria morte. Juntos, eles descobrem um antigo ritual proibido que pode trazer Antea de volta à vida, mas a um alto custo: Red deve sacrificar vidas humanas para alimentar sua amada com suas essências vitais. Agora, diante de uma escolha dolorosa, os dois devem decidir entre manter seus juramentos como banidores ou sacrificar aqueles que juraram proteger em nome do amor.

Ao longo da jornada, os jogadores enfrentarão dilemas morais complexos, investigando casos sobrenaturais, interagindo com personagens envolventes e explorando os segredos sombrios de New Eden. Prepare-se para uma aventura emocionante, repleta de reviravoltas e desafios que testarão seus limites.

Imagem de Banishers: Ghosts of New Eden

Jogabilidade

Os jogadores assumem o papel de Red, um habilidoso banidor, enquanto exploram os mistérios sombrios de New Eden e enfrentam as ameaças sobrenaturais que assolam a região. A jogabilidade mescla elementos de aventura, investigação e combate estratégico.

Um dos pontos positivos é a exploração. Os vastos ambientes permitem aos jogadores percorrer livremente a região, descobrindo segredos ocultos, resolvendo quebra-cabeças ambientais e interagindo com diversos personagens. Apesar disso, a exploração é limitada e se torna repetitiva devido à falta de variedade nos cenários.

O sistema de investigação é outro destaque do título. Os jogadores se deparam com uma série de casos sobrenaturais para resolver, cada um com sua própria história. Coletar pistas, interrogar testemunhas e desvendar os segredos por trás das assombrações são aspectos envolventes da jogabilidade. Alguns casos podem parecer previsíveis ou simplificados, o que reduz o impacto das escolhas dos jogadores.

O combate é estratégico e exige que os jogadores usem uma variedade de habilidades e táticas para enfrentar as ameaças sobrenaturais. A colaboração entre Red e Antea é fundamental, com cada personagem oferecendo habilidades únicas e poderosas. Contudo, o sistema de combate pode parecer desajeitado em vários momentos, com movimentos rígidos e respostas lentas aos comandos, especialmente durante os momentos de esquiva.

O sistema de progressão permite aos jogadores adquirir experiência e desbloquear novas habilidades e aprimoramentos para Red e Antea ao longo do jogo. A sensação de progressão pode estagnar em determinados pontos, com poucas melhorias perceptíveis nas habilidades e equipamentos dos personagens.

Imagem de Banishers: Ghosts of New Eden

Gráficos e trilha sonora

Os gráficos de Banishers: Ghosts of New Eden oferecem uma representação envolvente do cenário colonial de New Eden, capturando o nascer das colônias e a atmosfera sombria do mundo sobrenatural. Apesar da ambientação bem-sucedida, alguns detalhes podem deixar a desejar. Em áreas mais confinadas, podem ocorrer atrasos na renderização e bugs visuais, como objetos atravessando paredes. Além disso, a repetição de certos ambientes, como os arredores de acampamentos na floresta, pode dar a impressão de falta de diversidade nos cenários.

Por outro lado, a trilha sonora é um dos pontos mais fortes do jogo. As composições instrumentais imergem os jogadores no enigmático mundo sobrenatural elevando a tensão durante os confrontos e embates com chefes. O design sonoro da ambientação captura com maestria a sensação de adentrar o desconhecido, reforçando a atmosfera misteriosa do game. A trilha sonora contribui significativamente para a imersão dos jogadores na história e na atmosfera do jogo, adicionando camadas de profundidade emocional à experiência.

Imagem de Banishers: Ghosts of New Eden

Veredito

Banishers: Ghosts of New Eden proporciona uma jornada envolvente através de New Eden, imergindo os jogadores em uma atmosfera sombria e cheia de mistérios. A narrativa complexa e os dilemas morais oferecem uma experiência rica, enquanto a trilha sonora eleva a tensão do jogador. No entanto, a jogabilidade pode ser prejudicada por elementos repetitivos, especialmente na exploração, e pelo combate desajeitado. Apesar de algumas falhas técnicas nos gráficos, o jogo oferece uma experiência satisfatória para os fãs de narrativas imersivas e atmosferas sombrias.

Pontos Positivos:

  • Narrativa envolvente e complexa.
  • Exploração divertida.
  • Trilha sonora imersiva.

Pontos Negativos:

  • investigações repetitivas em certos aspectos.
  • Combate desajeitado em alguns momentos.
  • Exploração limitada.
  • Problemas técnicos nos gráficos, como atrasos na renderização e bugs visuais.

Nota: 7.5/10