Veredito do livro Um de Nós Está Mentindo

19/03/2022 - POSTADO POR EM HQs/Livros
Post thumbnail

Um de Nós Está Mentindo (2017) é um livro escrito por Karen M. McNaus, o primeiro de uma duologia já publicada no Brasil pela Editora Galera. Sua adaptação para série estreou em 2022 pela Netflix, inclusive, você pode acompanhar nossa resenha da produção clicando aqui.

Mas se você quer saber sobre o livro que inspirou a série homônima, acompanhe o nosso veredito abaixo. 

Coincidência dentro da Detenção 

Cinco estudantes entram em detenção na segunda-feira na escola. Todos bem diferentes: uma gênia, um atleta, uma popular, um traficante e um excluído. Parece o enredo de Clube dos Cinco (1985), mas com um porém: um deles não sai vivo desse evento.

Simon morre após beber um simples copo d’água, e após a investigação, se conclui que não foi acidental. Mesmo sendo um pária, o garoto era conhecido por ser o dono de um site de fofocas da escola. E no dia seguinte ao seu assassinato seria liberada uma série de postagens a respeito de um certo grupo de pessoas.

Bronwyn, Cooper, Addy e Nate parecem se identificar bastante com o comunicado da postagem. Assim, vemos que nem tudo é coincidência dentro dessa detenção.

– Eu não tenho um bom motivo para estar aqui.

– Você quer entrar?- pergunto, sem pensar.

Um de Nós Está Mentindo, pág. 63

Vários narradores, uma voz

O livro é narrado pelos quatro protagonistas, cada um tem seu capítulo, mas não quer dizer que fique menos confuso. Com vários narradores, é de se esperar que você comece a ter uma empatia por eles de forma natural, mas porque a escritora não altera muita coisa entre os personagens, ela acaba criando apenas uma voz.

Com essa única voz, é fácil para o leitor se perder sobre quem está narrando. De repente, você se pergunta porque o narrador está estudando para Yale, enquanto treina baseball, se maquinando e fugindo de namorados… Então você volta algumas páginas pra se encontrar de novo.

Outro problema real, que faz você se perguntar o porquê de tantos narradores, é o foco que o livro traz para dois personagens em especial: Bronwyn e Nate, que tomam grande parte da discussão. Enquanto isso Cooper é usado como chamariz e Addy se torna relevante apenas para dar andamento em partes específicas da história, como um subterfúgio.

Como eu disse. Minto sempre que é conveniente.

Um de Nós Está Mentindo, pág 135

Veredito

O livro tem foco no público jovem e traz uma escrita fácil, mesmo que a história lhe confunda no início. A autora tem bastante espaço para melhorar em seus títulos seguintes, e a série baseada tenta ser bem fiel, alterando detalhes apenas, que realmente, são dispensáveis.

A indicação do livro fica para aqueles que gostam de romance, e no meio dele, uma investigação (bem aleatória) por adolescentes que acreditam serem donos da verdade e estarem abandonados. Bem iniciante, a autora torna seus protagonistas detetives e traz uma reviravolta agradável, mesmo que previsível.

Pontos positivos

  • Narração em primeira pessoa
  • Escrita fácil

Pontos negativos

  • Personagens não carismáticos
  • Confusão de narrativas

NOTA: 7