Quem é Namor, o novo vilão do MCU?

16/11/2022 - POSTADO POR EM Filmes E HQs/Livros
Post thumbnail

Na última semana finalmente chegou aos cinemas o novo filme da Marvel, Pantera Negra: Wakanda Para Sempre (Confira o veredito AQUI!). Ainda no trailer do longa, fomos apresentados a um novo personagem do MCU: Namor, que é interpretado pelo ator mexicano Tenoch Huerta. Quer você tenha visto o filme ou não, é importante entender quem é o Namor introduzido inicialmente nos quadrinhos para compreender suas ramificações no cinema. É isso que você confere a seguir, sem spoilers 😉

Origem

Nos quadrinhos da Marvel, Namor apareceu pela primeira vez em abril de 1939 e foi criado pelo quadrinista Bill Everett. Ele pertence à chamada Era de Ouro dos Quadrinhos (1930 – 1940). Em 1962 o personagem voltou a dar as caras nas mãos de Jack Kirby e Stan Lee nas histórias do Quarteto Fantástico.

Namor é filho da Princesa Fen, herdeira do trono de um mundo submerso, Atlantis, e um humano, o soldado Leonard McKenzie. Ela foi enviada junto de um grupo de guerra pelo pai para investigar o que estava acontecendo na superfície, no entanto Fen resolveu ir sozinha após tomar uma poção que a permitiu respirar ar. Ao chegar na superfície, ela entrou no navio onde Leonard estava e encantou toda a tripulação com a sua beleza.

O pai de Fen acreditou que a filha havia sido raptada pelos humanos e decidiu atacar o navio onde o casal estava, vitimando Leonard. Ela então decidiu voltar para o mar e reconstruir a cidade onde vivia. Nesse momento, Fen descobre a sua gravidez e algum tempo depois nasce Namor, que significa na língua local “filho vingador”.

Imagem: Divulgação

Poderes

Namor tem um DNA um tanto incomum, já que ele é filho de um humano com uma atlante e, por isso, ele pode ser considerado como o primeiro mutante dos quadrinhos da Marvel. O Namor possui asas nos pés e por isso consegue voar, mas essa característica não pode ser explicada nem pelo lado humano nem atlante. Além disso, ele é extremamente ágil, veloz e dono de uma incrível força física.

Por ser um atlante, ele tem uma característica anfíbia, capaz de sobreviver tanto na água quanto na terra, conseguindo até mesmo ver de forma clara as profundezas do oceano. Segundo as histórias, ele passou anos debaixo d’água. Outra característica importante é a longevidade do personagem. Apesar de não existir nenhuma evidência de imortalidade, ele parece ser alguém que está vivo há muito, muito tempo.

Imagem: Divulgação

Mocinho ou Vilão

Nos quadrinhos, Namor não chega a ser um vilão, no entanto também não é um super-herói clássico. Trata-se de um antagonista, personagem com características dúbias e moral cinzenta de motivações dignas, podendo ser considerado em alguns momentos tanto “do bem” quanto “do mal”.

Namor é alguém extremamente apaixonado por sua cidade natal, Atlantis, chegando a agir de forma passional e impulsiva em inúmeros momentos com a desculpa de defender o local. Tudo isso pode encontrar explicação nas mortes de pessoas importantíssimas em sua vida, a esposa Dorma e a prima Namorita.

Por isso, ele acaba tomando decisões bastante polêmicas contra os humanos, usando violência e bastante brutalidade. Apesar disso, alguns dos Vingadores acabam não o julgando e o consideram como alguém de quem não se sabe muito o que esperar ou temperamental.

Imagem: Divulgação

Namor no cinema

Esse texto não vai entrar em spoilers, então pelo que havia sido mostrado no trailer de Pantera Negra: Wakanda Para Sempre, Namor não deveria fugir muito do que é mostrado nos quadrinhos. O visual ficou bastante interessante e bem coerente com aquilo que foi apresentado nas HQs.

Na prática, enquanto o visual permaneceu bem fiel, sua história de origem foi modificada para o universo cinematográfico. No que envolve motivações e temperamento, algo que ainda permanece é como o personagem é um protetor feroz de seu reino, Talocan (como foi chamado na adaptação).

Imagem: Divulgação