Veredito de Wandinha

22/11/2022 - POSTADO POR EM Séries
Post thumbnail

Finalmente estreou a nova série de Tim Burton na Netflix! Wandinha é uma adaptação dos quadrinhos norte-americanos de humor criado na década de 1930 para a revista The New Yorker. Conferimos a série e vamos contar nossas impressões.

Mudando de escola

Wandinha (Jenna Ortega) é uma adolescente super inteligente, mas bastante antissocial. A menina não consegue se adaptar a nenhuma escola, sendo expulsa de várias, o que faz seus pais procurar uma internato chamado Nevermore, especializado em jovens com habilidades e poderes especiais. É lá onde Wandinha começa a dar vários passos importantes na adolescência e que poderiam deixar qualquer pessoa comum bem perdida.

A série tem um humor bem ácido, com tiradas irônicas bem interessantes, mas não ao ponto de te fazer gargalhar. A personagem principal consegue ser cativante, apesar de seu visual nada convidativo. O roteiro peca um pouco nos exageros e em algumas saídas que são simples demais, mesmo sendo um produto para o público jovem, essa não é uma justificativa para explicar a falha.

A direção ficou interessantíssima e ajuda bastante a contar a história. O visual da escola, bastante sombrio e gótico, conversa muito bem com a proposta. O diretor, Tim Burton, tem forte influência nesse quesito, já que talvez não exista ninguém com um currículo tão voltado para essa temática

Imagem de divulgação de Wandinha

Curiosidades

Essa não é a primeira vez que Família Addams é adaptada para o formato de série live-action. Em 1964 os quadrinhos ganharam uma série de TV, ainda em preto e branco, mas que não agradou tanto ao público e acabou sendo um verdadeiro flop. O programa permaneceu no ar até 1966 e teve 64 episódios

Ainda nos anos 1960, a família mais sombria da cultura pop deu as caras em um dos episódios da animação Scooby-Doo e, em 1973, ganhou 16 episódios produzidos pela Hanna-Barbera. Na década de 1990 a série animada recebeu mais duas temporadas, as quais foram exibidas no Brasil no SBT, e talvez seja uma das versões que os fãs mais lembram.

A Família Addams também ficou eternizada no cinema. Em 1991, Raúl Julia, Angelica Huston, Christopher Lloyd e Christina Ricci foram os principais nomes escalados para viver os icônicos personagens, com o filme chegando a ser indicado ao Globo de Ouro. Em 1993, o longa ganhou uma sequência e também iria ganhar outra continuação em 1994, mas o projeto precisou ser engavetado após a morte de Julia

Imagem de divulgação de Wandinha

Veredito

Essa é talvez uma das séries mais aguardadas de 2023 e que gerou um grande burburinho logo que as primeiras imagens foram divulgadas. Um dos principais pontos de crítica foi o visual de Gomez (Luis Guzmán), que se aproximava mais da versão original dos quadrinhos do que da encarnação de Raul Julia. Nesse quesito, Wandinha consegue ser uma adaptação bem interessante, embora pudessem ter caprichado mais na peruca do ator.

Em geral, o elenco principal consegue se destacar bastante, porém os coadjuvantes não ficam no mesmo nível, deixando a desejar. Jenna Ortega está excelente como protagonista, a sua frieza é impressionante e deve conquistar o coração dos fãs.

O roteiro não é tão bem desenvolvido, algumas soluções são muito mirabolantes e não fazem sentido para a história. A direção é bem feita e não deixa a desejar, principalmente na hora de escolher as câmeras e os enquadramentos.

Pontos positivos:

  • Boa adaptação
  • Elenco principal excelente
  • Boa direção

Pontos negativos:

  • Falta desenvolvimento no roteiro 
  • Saídas muito mirabolantes com pouco sentido
  • Elenco coadjuvante deixa a desejar

NOTA: 7/10