Veredito de Manhãs de Setembro

03/07/2021 - POSTADO POR EM Séries
Post thumbnail

A nova produção nacional do Prime Video promete ser um retrato cru da vida cotidiana em São Paulo, além de trazer uma protagonista trans com algumas questões para resolver. Nós conferimos a série Manhãs de Setembro, estrelada por Liniker, e você confere a seguir o veredito.

Você é muito bonita, pai

Cassandra (Liniker) é uma mulher trans que finalmente realizou o sonho de ter um lugar só seu. Ela trabalha como motogirl e durante a noite faz shows em um bar local cantando os sucessos de sua ídola Vanusa, além de manter um relacionamento amoroso com Ivaldo (Thomas Aquino).

Tudo parece bem, até que uma pessoa de seu passado reaparece. Leide (Karine Teles), com quem Cassandra teve um envolvimento muitos anos atrás (ainda sob o nome de Clóvis), surge em sua porta junto com Gersinho (Gustavo Coelho), um garoto de 10 anos que ela alega ser filho da motogirl. 

Imagem: Divulgação

Dia a dia sofrido

Logo de cara CassandraLeide e Gersinho como um impedimento à construção da vida que ela sempre sonhou. Mas mesmo dispondo de pouco, a motogirl acaba tendo muito a oferecer à mãe e ao filho, já que são ambos moradores de rua.

A série retrata um aspecto bem cotidiano da cidade. Podemos ver Cassandra percorrendo as ruas tentando fazer as suas entregas, enfrentando trânsito, mau tempo, problemas com a moto e clientes rabugentos. Ao mesmo tempo, vemos Leide tentando se virar para criar o filho. Eles moram em um carro velho, vendendo salgadinhos para ter o pão de cada dia.

Em todos os seus cenários, Manhãs de Setembro não poupa o espectador da dureza de uma vida com poucos recursos. Mesmo percebendo que a personagem de Leide é uma oportunista, você entende que ela faz o que faz em prol do filho, do mesmo modo que  Cassandra só quer a sua liberdade, que foi tão dura de conquistar que ela não aceita nenhum impedimento.

Imagem: Divulgação

Show à parte

A série é bem curta, contando com cinco episódios de mais ou menos 30 minutos cada, mas isso é o suficiente para entender e se identificar com os seus personagens. Primeiro trabalho de atuação de Liniker, a cantora está à vontade com a personagem, trazendo uma Cassandra empática, além de forte nos seus posicionamentos.

Nos momentos de show ela consegue brilhar ainda mais, conquistando o público com sua voz poderosa. Pena não ter cantado nenhuma música própria, fazendo mais covers de Vanusa para combinar com esse traço da personagem. Aliás, a narração da cantora nos pensamentos de Cassandra é um ponto baixo, parecendo desnecessários que esses pensamentos estejam vindos “de outra pessoa”.

Mas, para compensar, o desenvolvimento da personagem é bastante proveitoso mesmo com tão poucos episódios. A série encontra espaço para falar sobre questões envolvendo a transexualidade de Cassandra, como seus relacionamentos, o preconceito e maneira como ela mesma se vê, sendo tudo tratado com bastante naturalidade.

Imagem: Divulgação

Veredito

Manhã de Setembro brilha ao trazer uma variedade de temas pertinentes para a sociedade de uma maneira natural e que funciona muito bem como entretenimento. Com o número limitado de episódios, é possível ver tudo de uma tacada só.

As atuações estão boas na medida certa e os personagens tem um caminho bem estabelecido. O final é em aberto, porém consegue fechar bem este primeiro arco da história. O Prime Vídeo ainda não renovou a série, mas esperamos que venha uma segunda temporada para continuar a jornada de crescimento de Cassandra

Pontos positivos:

  • Boa construção narrativa
  • Personagens bem estabelecidos
  • Explora questões pertinentes de forma natural

Pontos negativos:

  • Narração em off desnecessária
  • Falta das músicas da Liniker

Nota: 9