Veredito de Weird West

10/04/2022 - POSTADO POR EM Jogos
Post thumbnail

O gênero de bang-bang sempre foi bastante explorado pelo cinema, e nos últimos anos vem ganhando força no mercado gamer, principalmente com reconhecimento de títulos como Red Dead Redemption 2 (2018), da Rockstar. No cenário indie, temos uma nova aposta: Weird West, que está disponível para PC, PlayStation 4, Xbox One e Xbox Series X/S.

Desenvolvido pela WolfEye Studios e publicado pela Devolver Digital, o jogo apresenta uma grande investigação repleta de mistérios, crimes e elementos sobrenaturais. Ficou interessado? Confira agora o nosso veredito. 

P.S: Testamos o jogo no PlayStation 5.

História memorável 

Em Weird West, a história apresenta cinco protagonistas distintos, mas unidos por uma misteriosa marca no pescoço. É preciso jogar todos os capítulos e buscar entender como cada narrativa se conecta ao todo, desvendando os segredos sobrenaturais. Basicamente, podemos controlar uma caçadora de recompensas, um suinode, um ameríndio, um lobisomem e uma onírica. 

Não há como negar o brilhante trabalho realizado no roteiro. Sem dúvidas, isso é fruto da dedicação de Raphael Colantonio e Julien Roby, fundador e ex-produtor executivo da Arkane Studios. Os profissionais foram responsáveis por jogos como Dishonored (2017) e Prey (2017), e aplicaram seus conhecimentos do gênero imersivo em Weird West, garantindo uma história inesquecível para quem ama bang-bang e ação. 

E só para fechar: o jogo está legendado em português. Então fique tranquilo que será possível acompanhar todos os fatos sem nenhum problema. A Square Enix bem que podia aprender com a Devolver Digital, né! 

Imagem: divulgação

Gameplay cheio de ação

Logo quando o jogo ganhou seu primeiro trailer, foi dada uma impressão que teria uma abordagem mais tradicional bem como um RPG clássico. Porém, esse sentimento ficou por aí mesmo, já que o título utiliza apenas a visão isométrica da câmera para realizar ação em tempo real. Então esqueça a opção de ataques por turnos, pois não terá nada disso em Weird West.

A vitória vai depender da habilidade do jogador com joystick para matar os alvos e esquivar de ataques. Inclusive, nesse aspecto, o jogo parece apresentar um melhor desempenho e precisão de comandos para PC, pois o gameplay fica muito mais suave para quem opta por mouse e teclado do que o tradicional joystick, independente do console. 

Nesse grande tabuleiro vivo, podemos fazer de tudo e interagir com vários elementos dos cenários, como roubar armas, enterrar objetos e explodir barris de pólvora. A equipe da WolfEye Studios realmente se empenhou em entregar algo imersivo e sombrio para o público, dispondo de uma quantidade interessante de monstros e missões. 

Em relação aos personagens, temos duas mecânicas importantes: habilidades (que oferecem ações especiais de combate) e vantagens (que ajudam na progressão do jogo). Para aumentar esses atributos, é necessário encontrar as Relíquias de Nimp (habilidades) e os Ases de Espadas Dourados (vantagens) escondidos pelo mapa. E agora você deve estar se perguntando: e como faz para ganhar LV? Simplesmente não há essa dinâmica aqui, o grande desafio está nas mãos do jogador, que precisa aprender rápido como fazer a melhor estratégia para derrotar os inimigos. 

E a dificuldade? Sendo bem sincero, o jogo não é tão desafiador quanto imaginava. Normalmente, morri quando tinha um grande volume de rivais num espaço pequeno, e não porque a inteligência artificial era eficiente. Na verdade, os bonecos não são inteligentes, então basta atacar com cautela e tudo dará certo.  

Imagem: divulgação

Gráficos e performance 

É incrível como a Devolver Digital vem acertando em cada lançamento. O gráfico de Weird West é uma verdadeira obra de arte, com personagens, cenários e itens assustadores de tão bom. Só podemos elogiar o excelente trabalho realizado. E para completar, o jogo não apresentou nenhum problema durante toda a jogatina no PS5. A experiência foi 10/10. 

Imagem: divulgação

Veredito 

Weird West é sim um jogo para quem ama bang-bang e busca muita ação, com personagens envolventes e muito mistério. Há um grande potencial para uma sequência, e talvez até ganhe se o público engajar com essa história imersiva. Mas e aí, vale a pena? Vale até demais, porém o preço ainda é elevado para quem curte indie. Atualmente, está custando R$ 199,50 na PS Store, e indicamos que esperem alguma promoção, principalmente porque a campanha não garante muitas horas.

Pontos Positivos:

– História imersiva 

– Gameplay cheio de ação

– Legendado em português

Pontos Negativos:

– Inimigos pouco inteligentes 

– Campanha poderia ser maior 

– Preço alto 

Nota: 8.0