Veredito de Dandy Ace

11/12/2021 - POSTADO POR EM Jogos
Post thumbnail

Sucesso de críticas, o roguelike Dandy Ace finalmente chegou ao PlayStation 4. O título 100% brasileiro foi bastante falado em todos os lugares da Internet e já estava disponível para Xbox One via Xbox Game Pass, Nintendo Switch e PC

O estúdio Mad Mimic disponibilizou a chave do jogo ao Roteiro Nerd e falamos aqui se vale a pena ou não jogar esse roguelike.  É importante destacar que a versão PlayStation 4 também chega com a dublagem em português brasileiro

História

O nosso protagonista se chama Dandy Ace, um mágico que se destaca no show business e garante o título de melhor mágico do mundo. Ao conseguir o título, Dandy supera o tradicional mágico Lele, o ilusionista

No fundo do poço, Lele encontra uma forma de reverter essa situação e cria um mundo onde seja considerado o melhor mágico do mundo e não exista Dandy Ace.

De modo geral, a história é leve e divertida. Tudo fica ainda melhor com a presença da dublagem, que conta até com presenças ilustres como BRKsEdu

Imagem: Divulgação

Um palácio mágico! 

Após a confusão criada por Lele, somos teletransportados ao salão de entrada do palácio. Lá ganhamos três cartas básicas, uma azul (movimento), uma rosa (ataque) e uma amarela (controle)

Não demora muito para começarmos a explorar o local e enfrentar diferentes tipos de inimigos (tem até cupcakes rsrs). Inclusive, cada inimigo tem suas dinâmicas e habilidades, além de um visual extremamente bonito. 

Ao longo da exploração, encontramos alguns locais fechados, e para abrir todos é necessário localizar quatro chaves, que estão espalhadas aleatoriamente pelo palácio. 

São 14 salas para desbravar, e o estúdio Mad Mimic soube muito bem como organizar cada uma e trazer um conceito visual que remete aos bastidores de um show de mágica. Você nunca vai ficar enjoado e se sentirá motivado a conhecer os cenários. 

Porém, é preciso dizer que você deve percorrer todo o caminho em seis ou sete tentativas. A jornada pode não ser tão longa, mas certamente terá um entretenimento de qualidade. 

Imagem: Divulgação

Gráficos e trilha sonora 

Em nenhum momento do jogo, você ficará cansado ou desestimulado em relação ao aspecto visual. Como um título 100% brasileiro, é fenomenal a qualidade da entrega. Fica evidente o empenho da equipe em criar elementos, inimigos e cenários bastante criativos, tudo em 3D. Mad Mimic está de parabéns! 

Não podemos dizer o mesmo da trilha sonora. Há poucas músicas e isso deixa a atmosfera do game cansativa, já que estamos falando de 14 cenários diferentes. Não estou dizendo que todo cenário precisa de músicas inéditas, mas estou falando que seria importante trazer uma mecânica melhor.  Em determinado momento, fica cansativo ouvir a mesma música durante boa parte do jogo. 

Imagem: Divulgação

Jogatina incrível 

Se você jogou Hades (2018), vai encontrar um gameplay tão frenético quanto em Dandy Ace. Como todo brasileiro, você não terá um minuto de paz e terá que fazer de tudo para sobreviver no palácio. 

Pode ficar tranquilo que a movimentação e jogabilidade são bastantes orgânicas e simples. Não tive dificuldade em conseguir aprender e dançar nessa pista mágica.

Além disso, há uma variedade imensa de cartas e você gostará de cada uma delas. Basta saber combinar as habilidades e será muito mais fácil vencer os chefes. Ao todo, são 20 cartas rosas, 20 cartas amarelas e 10 cartas azuis

Imagem: Divulgação

Veredito 

Após uma longa espera, posso dizer que Dandy Ace vale a pena jogar, principalmente no Playstation 4. O roguelike do Mad Mimic consegue combinar ação, reflexos rápidos e muita magia.  Sem dúvida alguma, a experiência é bastante satisfatória e gera um orgulho tremendo para a comunidade gamer brasileira. 

Esperamos que o jogo faça ainda mais sucesso e ganhe uma continuação. Queremos mais do mágico Dandy Ace! 

Imagem: Divulgação

Pontos Positivos:

– Gameplay frenético 

– Gráficos cativantes 

– Dublagem 

Pontos Negativos:

– Falta de variedade musical 

– Poderia haver mais salas

Nota: 8.0