Análise de Mortal Kombat 1

15/09/2023 - POSTADO POR casino betmotion EM https://roteironerd.com/f12-bet-cassino-ao-vivo

Desde sua estreia nos arcades em 1992, Mortal Kombat sempre foi sinônimo de lutas viscerais, fatalities ultrajantes e personagens icônicos. Com a chegada de Mortal Kombat 1 para PlayStation 5, Xbox Series X|S, Nintendo Switch e PC, a NetherRealm Studios e a Warner Bros. Games prometem uma reinvenção da série. 

Confira agora o que achamos do jogo!

>> Leia também o nosso veredito DLC Dimension Shellshock de Teenage Mutant Ninja Turtles: Shredder’s Revenge.

Modo História Cinematográfica com altos e baixos

Uma das mudanças mais notáveis em Mortal Kombat 1 é a narrativa reimaginada. Em MK11 (2019), Liu Kang se torna o Deus do Fogo e promete criar um novo universo onde todos possam viver em paz. Por isso, em MK1, temos a oportunidade de conhecer essa história, com relacionamentos improváveis e reviravoltas intrigantes. 

O começo é bastante promissor e tem excelentes sacadas, principalmente quando se refere ao Johnny Cage. Porém, do segundo ato em diante, a história vai por um caminho mais duvidoso, além de cansativo. Não é atoa que em determinados momentos personagens importantes da trama somem e só reaparecem depois, sem ninguém saber o que aconteceu. Isso foi o auge, porque a narrativa perde parte considerável do brilho. 

Como se trata de um jogo de luta, é comum que a trama promova embates entre o elenco. Entretanto, achei ruim para narrativa o fato dos mocinhos vencerem o vilão e o mesmo ficar fugindo, sendo que é dado a ênfase que o cara foi derrotado, mas nada acontece. Aí simplesmente o personagem some e aparece em outro lugar planejando mais uma coisa maligna. Pra mim, seria mais satisfatório que quando o inimigo fosse derrotado tivesse alguma consequência real na trama. 

De modo geral, a campanha deve durar cerca de 5 horas, podendo prender sua atenção por um bom tempo, mesmo que nos momentos finais tenha uma queda de qualidade na narrativa. A dublagem em português está excelente, e os gráficos e trilha sonora são impressionantes. Então, embora haja esse declínio ao longo da história, o visual e som garantem uma imersão completa no jogo. 

Modo Invasão cansativo

O Modo Invasão é uma adição interessante, proporcionando uma experiência de jogo mais prolongada. Os jogadores podem atravessar os reinos, experimentar diferentes builds e enfrentar desafios diversos em uma programação sazonal. No entanto, a execução dessa ideia precisa ser aprimorada, como dar uma visão melhor para explorar o mapa

Muitos jogadores devem achar o modo repetitivo e desejar mais variedade nos desafios oferecidos, até porque a mecânica é bem ruinzinha e travada. Certamente não foi uma boa escolha tirar o Modo Kripta e colocar o Modo Invasão

Imagem de Mortal Kombat 1

Combate brutal 

A essência da série Mortal Kombat sempre foi o combate visceral, e essa tradição é mantida e melhorada em Mortal Kombat 1. Há uma evolução técnica visível em relação ao MK11, o que promove um gameplay mais imersivo e prazeroso para o público casual. Os movimentos são fluidos e repletos de detalhes, sendo que os fatalities continuam como o ponto alto, proporcionando momentos de violência espetacular (sim, queremos sangue kkk). 

Os novos Lutadores de Parceria adicionam uma camada tática à jogabilidade. Ter a capacidade de chamar um personagem de apoio durante uma luta pode ser decisivo. Cada um deles possui um conjunto único de movimentos especiais e fatalities, o que permite aos jogadores adaptar sua estratégia às circunstâncias. A dinâmica é divertida e lembra bastante o que já vimos em Dragon Ball Fighterz (2018). 

MK1 mantém a tradição de oferecer uma lista diversificada de lutadores, desde os favoritos até aqueles menos conhecidos. Os jogadores podem escolher entre personagens que se especializam em combates corpo a corpo, magia, ataques à distância e muito mais. Isso permite que você explore diferentes estilos de jogo e encontre o personagem que melhor se adapta ao seu estilo pessoal

Imagem de Mortal Kombat 1

Gráficos impressionantes

Os avanços tecnológicos ao longo dos anos têm permitido um crescimento exponencial na qualidade gráfica dos jogos, e Mortal Kombat 1 não é exceção. A NetherRealm Studios e a Warner Bros. Games fizeram um trabalho notável na atualização dos visuais e na otimização da performance para esta edição, criando uma experiência visualmente deslumbrante.

O jogo é um espetáculo visual desde o primeiro momento. Os personagens, cenários e detalhes estão ricamente renderizados, exibindo texturas detalhadas e efeitos visuais impressionantes. Os lutadores foram reimaginados com um nível de detalhe que revela cada cicatriz, ruga e vestimenta com grande precisão. As animações fluem naturalmente, tornando cada movimento de luta uma obra-prima de coreografia digital.

Os cenários merecem destaque especial. Cada um é repleto de elementos dinâmicos, interativos e cheios de vida. Desde tempestades furiosas até criaturas espreitando nas sombras, os cenários adicionam profundidade à experiência e mantêm os jogadores imersos no mundo de Mortal Kombat.

Imagem de Mortal Kombat 1

Performance de qualidade

Além da qualidade gráfica impressionante, a otimização da taxa de quadros é uma parte fundamental da experiência de jogo. Mortal Kombat 1 mantém uma taxa de quadros estável, o que é crucial em jogos de luta, onde a precisão dos movimentos e a reação rápida são essenciais.

A maioria das plataformas de última geração, como o PlayStation 5 e o Xbox Series X|S, oferece uma experiência suave e com uma taxa de quadros alta, garantindo que cada soco, chute e movimento especial seja executado de forma impecável. A transição entre animação é fluida, o que contribui para uma jogabilidade responsiva e envolvente.

Outro ponto notável é o suporte a resoluções 4K em muitas das plataformas de última geração. Isso resulta em uma nitidez incrível, permitindo que os jogadores apreciem cada detalhe dos personagens e cenários. As partidas em alta resolução acrescentam uma dimensão extra à experiência visual, tornando-a ainda mais imersiva.

Veredito

Mortal Kombat 1 é uma tentativa bem sucedida de renovar uma franquia tão amada. O jogo oferece uma experiência de combate emocionante e visualmente impressionante, embora tenha uma história com altos e baixos.

Para os fãs da série, esta é uma oportunidade de experimentar uma versão fresca de um clássico

Pontos positivos:

  • Gráficos impressionantes;
  • Performance de qualidade;
  • Dublagem em português satisfatória;
  • Combate brutal. 

Pontos negativos:

  • Modo Invasão cansativo;
  • Modo História Cinematográfico com altos e baixos;
  • Ausência do Modo Kripta. 

NOTA: 8/10