Veredito de Matrix Resurrections

22/12/2021 - POSTADO POR EM Filmes
Post thumbnail

Convidados para uma cabine de imprensa mais que especial, viemos aqui contar para vocês o que achamos de Matrix Resurrections, o quarto filme da franquia Matrix, dos estúdios Warner Bros. E antes de vocês prosseguirem, é relevante contar que: a matéria a seguir pode conter spoilers.

Rir ainda é o melhor remédio

A trilogia de Matrix terminou de uma forma tão redonda e bem feita, que muitos fãs se perguntaram: porque de um novo filme, o que exatamente o novo título teria a acrescentar, e de maneira mais enfática, é bom?

Resurrections inicia já nesta ideia, de saber que tem sim uma enorme pressão em suas costas por conta de uma trilogia consagrada por inúmeros motivos, com uma legião de fãs fiéis e que mexer em time que está ganhando pode ser catastrófico.

O filme conta com a atmosfera bem semelhante ao primeiro filme de Matrix, com algumas adaptações e já respondendo algumas questões já levantadas pelos fãs, até chegar ao senhor Thomas Anderson e o que ele anda fazendo dentro da Rede, que resolveu transformar o conceito na realidade de Neo, misturando fatos e ficções para que seja mais difícil ainda para o protagonista, e até nós mesmos, distinguirmos um futuro na história, e no caminho, tornando a idéia por si só uma piada completa.

Imagem: Divulgação

Base do Matrix

O roteiro do filme implica diversas vezes do que se trata a história de Matrix, de forma literal e figurada, e isso faz com que nós, os fãs, paremos e possamos refletir também. São tantas as teorias que tem pessoas que preferem ignorar o que está bem na cara delas, e esse quarto filme não deixa nenhuma dúvida: a base do Matrix é o relacionamento do Neo com a Trinity.

No decorrer da história, 60 anos após a original, mostra que o propósito de Neo, como salvador humano, já foi alcançado, que a humanidade já está tomando forma por si, gerando uma paz entre seres humanos e máquinas, da melhor forma que pode dentro de seus limites, e que as próprias máquinas já alcançaram também esse entendimento.

E que ao observar isso, para Neo, agora só falta sua outra metade ao seu lado para que eles possam participar desse novo normal e ajudá-los.

Imagem: Divulgação

Atualizações

É importante ressaltar que apesar de utilizar muito da nostalgia nesse filme, e buscar sim a atmosfera do primeiro, Matrix Resurrections possui originalidade e falhas em seu roteiro.Buscando trabalhar os melhores pontos da história original, há muitas cenas repetidas. Várias foram melhoradas, mas outras também caíram de uma forma que pode tornar o filme longo, para quem não gosta do gênero.

Há ainda a questão dos personagens que sofreram atualizações. Particularmente, parabéns aos atores Yahya Abdul-Mateen II, que interpreta Morpheus, e Jonathan Groff, que faz o Agente Smith. Seus personagens sofrem rápidas evoluções que tornaram o roteiro mais dinâmico, e a adição de Jéssica Hemwick fez com que o roteiro pudesse ser atualizado sem ser forçado, através da personagem Bugs, além de Neil Patrick Harris, com um papel muito bem elaborado para a trama, como o Analista.

Contudo, há também aqueles que tentaram, mas sofreram com suas participações na trama, como é o caso de Niobe (Nada Pinkett Smith) e Sati (Priyanka Chopra), além dos próprios agentes, que foram facilmente esquecidos e substituídos logo no início do filme.

Imagem: Divulgação

Veredito

Se tivesse que resumir de forma muito rápida, diria que Matrix Resurrections é um filme feito para os fãs e que dificilmente agradaria um público tradicionalista. E que sim, é uma história de amor com uma quantidade absurda de balas e roupas pretas, mas que ninguém está reclamando.

Os trailers não entregam nem 1% do que está presente nesse filme, e foi um ponto muito positivo para aguçar a curiosidade de todos.

O público recomendado para assistir a essa continuação de Matrix é aquele que não estava apenas com saudades do Neo, mas sim de tudo o que ele representa, e das possibilidades que ele trás, seus possíveis simbolismos e, claro, efeitos especiais e cenas de luta, que continuam dignos de referência.

Atenção, há uma cena pós-crédito há quem interessar.

Imagem: Divulgação

Pontos Positivos:

  • Nostalgia
  • Efeitos Especiais e Lutas
  • Personagens Atualizados

Pontos Negativos:

  • Diversas Cenas Repetidas

Nota: 9.3