Veredito da 1ª temporada de Jujutsu Kaisen

03/04/2021 - POSTADO POR tiger fortune onde jogar EM 1 win aviator review

Jujutsu Kaisen é um anime baseado na obra do mangaká Gege Akutami, publicado no Japão pela Shounen Jump semanalmente desde 2018, e no Brasil pela Editora Panini desde 2019. Com um total de 24 episódios, sua primeira temporada foi exibida pela Crunchyroll, sendo inclusive eleito no site como Anime do Ano no Anime Awards 2021. Confira agora o nosso veredito da produção.

Dedo podre

Yuuji Itadori é um garoto tranquilo, simpático e que gosta de viver uma vida simples. Ele  nem mesmo pratica esportes, mesmo sendo muito bom em todos, para não fazer esforço. Para passar o tempo, o rapaz frequenta o clube de ocultismo, onde pode interagir com seus amigos, enquanto espera a hora de ir visitar seu avô no hospital.

Contudo, no mesmo dia que seu avô morre, partindo com um conselho que ele nunca vai esquecer, um fato estranho se desenrola. O jovem feiticeiro Megumi Fushiguro aparece e afirma que um poderoso artefato amaldiçoado foi ativado sem querer na sua escola por seus amigos.

Querendo evitar que eles sofram qualquer efeito, Itadori acaba engolindo o objeto, que mais parece um dedo podre, se tornando o receptor de Sakuma, uma maligna maldição. Porém para a surpresa de todos, o jovem consegue controlar, em grande parte, os efeitos do artefato, mesmo não tendo qualquer poder prévio.

Com uma estratégia em mente, o professor e poderoso feiticeiro Satoro Gojou vê uma oportunidade no garoto. Enquanto isso, vários outros feiticeiros desejam exorcizar a maldição antes que ela cause mais estrago, mesmo que para isso Yuuji precise morrer, o que não parece estar nos planos imediatos de Sakuma.

Imagem: Divulgação

Maldições e feiticeiros

Jujutsu Kaisen possui uma história bem pensada, com cenas estruturadas e objetivas. Tudo possui um motivo e uma razão para estar ali. Desde o início há uma real causa e efeito para o desenrolar da trama.

Itadori é um bom protagonista, que aprende rápido, não segue o esteriótipo do burro com músculos e ainda consegue manter o alívio cômico nos momentos certos. Enquanto vai evoluindo no decorrer da história como feiticeiro, ele realmente assimila tudo aquilo de forma inteligente e concreta (para exemplificar, seu perfil é o mesmo de Tanjiro Kamado, em Demon Slayer).

As maldições no anime não se limitam a objetos, é bom deixar isso claro. Elas são na verdade seres, podendo ser classificadas, assim como os feiticeiros. O que pode acontecer é de terem suas partes divididas ao serem capturadas, ficando limitadas a um pedaço de seu todo. Que é o que acontece com Sakuma por exemplo, e seus dedos. Elas também possuem personalidade própria e motivações, causando empatia.

Imagem: Divulgação

Escola Jujutsu Tóquio vs Kyoto

Jujutsu Kaisen significa Batalha de Feiticeiros, em uma tradução livre do japonês, e traz esse título porque, além de estarem batalhando com as maldições, os feiticeiros também lutam entre si. Isso ocorre dentro de uma hierarquia que nos é apresentada levemente durante a primeira temporada.

Os melhores feiticeiros que apresentam aptidão para exorcismo e luta são convidados a se tornarem alunos das Escolas Jujutsu, com duas sedes: Tóquio e Kyoto. Dentro desses colégios também existem potentes feiticeiros lecionando, como Gojou, que está lá como mentor de Megumi, Itadori e Nobara, e é classificado como nível S, o de maior poder.

Para testar os estudantes é feito um exame todos os anos entre as duas sedes para escolher o melhor aluno. O anime cobre esse teste, mostrando a qualidade da animação, do roteiro e dos personagens, tudo de uma vez só no mesmo arco.

Imagem: Divulgação

Veredito

Desde sua estreia em outubro de 2020, o anime de Jujutsu esteve sempre entre os primeiros colocados nas listas de animações, e para a surpresa de ninguém, levou o título de Anime do Ano pela votação popular da Crunchyroll.

Com personagens cativantes e cheios de carisma, roteiro bem adaptado e uma qualidade de dar inveja, Jujutsu Kaisen também tem a agradecer o fato de que o estúdio MAPPA tomou a frente do projeto. O mesmo é responsável por títulos como: Dorohedoro, Attack of Titan (4 temporada), entre outros.

Outras questões levaram Jujutsu Kaisen a ganhar o prêmio, tais como a trilha sonora bem adequada e atual, a animação também inovadora e que casa perfeitamente com o clima do anime, e por fim a adaptação. A produção segue à risca, até o momento, a história do mangá, então você pode seguir um ou o outro sem perder nenhum detalhe importante.

Pontos positivos

  • Lutas inteligente e bem animadas
  • Personagens bem feitos e carismáticos
  • Não uso de estereótipos
  • Roteiro bem executado

Pontos negativos

  • Não tem

NOTA: 10