Veredito – O Exterminador do Futuro: Destino Sombrio

04/11/2019 - POSTADO POR EM Filmes

Continuando uma franquia que, aparentemente, será eterna, “O Exterminador do Futuro: Destino Sombrio” chega aos cinemas trazendo uma trama previsível, antigos personagens e muita tecnologia. Nós já assistimos e contamos pra você o que rolou no sexto filme da saga. 

ATENÇÃO: Esse texto pode conter spoilers!

Jovens em Fuga

Na Cidade do México, uma adolescente chamada Dani (Natalia Reyes) vive normalmente com sua família até o dia em que um exterminador (Gabriel Luna) aparece e tenta matá-la. Quase que ao mesmo tempo, uma mulher chamada Grace (Mackenzie Davis) com força extraordinária defende Dani e foge com a mesma. Aí começa uma perseguição e a garota descobre que é alvo de uma máquina feita para matar humanos, o modelo R-9.

A Volta de Sarah Connor

Sarah (Linda Hamilton) está de volta! Mais velha, mais esperta e com acesso a mais armas, ela se tornou uma caçadora de exterminadores. O filme começa mostrando uma Sara mais jovem no dia do assassinato de seu filho, John, que foi morto pelo T-800 (Arnold Schwarzenegger). Para a cena, o filme utilizou uma tecnologia de rejuvenescimento dos atores, levando-os de volta aos seus personagens mais jovens. O recurso já foi utilizado em outros filmes, como Projeto Gemini, e não foi aprovado por nós kkk. Apesar de funcionar muito bem em gráficos de videogames, a reconstituição facial ainda pode parecer meio artificial no cinema. Nota 5 pra esse efeito, que ainda tem um caminho a evoluir. 

Voltando ao que interessa: apesar de não ser (oficialmente) apresentada como personagem principal, Sarah toma os holofotes e está presente nas partes importantes do longa, sendo essencial para o futuro de Dani. A personagem de Hamilton foi introduzida, no começo da saga, como a peça fundamental para salvar o mundo da Skynet, já que seu filho, John Connor, se tornaria o grande defensor da raça humana. Em “Destino Sombrio”, a Skynet nunca existiu, graças à Sara, mas uma outra organização perigosa surgiu no seu lugar.

Foto: Divulgação

O Exterminador tem um cachorro

Como o próprio trailer já revela, T-800 está de volta, mas, dessa vez, do lado das mocinhas. Depois que sua missão de matar John acabou, o android não tinha mais objetivos e “criou uma consciência” que o fez ter vontade de se assemelhar aos humanos. Quando Sarah, Grace e Dani o encontram, ele é um homem de família e tem um cachorro que o adora.

O novo tipo de exterminador, R-9, vem de um futuro em que uma organização chamada Legião dominou o planeta. Ele tem a capacidade de copiar a forma física das pessoas e, por isso, consegue se esconder e fugir com facilidade. Também é muito mais forte e consegue criar um tipo de exoesqueleto que o torna capaz de “se dividir em dois”. O nosso antigo T-800, eternizado por Schwarzenegger, não tem essas habilidades e, em vários momentos, aparece em desvantagem.

Foto: Divulgação

Dani e Grace

Grace, a mulher aprimorada que vem do futuro, faz de tudo para manter Dani a salvo. Ela conta que viajou ao passado para garantir que o futuro exista porque isso depende exclusivamente de Dani – narrativa semelhante à de Sarah em filmes passados.

Grace é uma soldado que tem habilidades de combate e um corpo aprimorado para sobreviver a situações extremas. Ela consegue sustentar uma luta corporal com exterminadores, mas não por muito tempo. Para manter sua forma, ela necessita de água e uma série de remédios de “venda proibida”. É muito inteligente e vive focada em sua missão de salvar Dani.

Foto: Divulgação

E aí? 

Para quem é fã dos primeiros filmes, “O Exterminador do Futuro – Destino Sombrio” decepciona. No entanto, como narrativa separada, o longa é um bom entretenimento, que ainda abre um leque de possibilidades para novos lançamentos. Apesar de não ter sido um sucesso de bilheteria, fica clara a intenção dos produtores em continuar a história de Dani. Depois de SEIS produções, talvez você pense que já seria a hora de acabar, mas a história deixa muito pano pra manga. Ainda não foi o fim da história dos exterminadores. 

Pontos Positivos:

  • Efeitos especiais espetaculares no que diz respeito aos exterminadores e na ação
  • Mulheres independentes no poder

Pontos Negativos:

  • Narrativa previsível, que não agrada fãs de longa data
  • No começo do filme, os efeitos fazem as pessoas rirem num momento trágico da história

Nota: 6/10