Veredito da segunda temporada de O Justiceiro

01/02/2019 - POSTADO POR EM Conteúdo E Séries
Post thumbnail

Um dos anti-heróis mais famosos do universo das HQs ganhou uma nova temporada em seu seriado. “O Justiceiro” voltou para as telinhas da Netflix no dia 18 de janeiro, depois de três outros títulos populares da stream em parceria com a Marvel sofrerem cancelamento (Demolidor, Luke Cage e Punho de Ferro). Steve Lightfoot continua a frente do projeto, como showrunner e autor da adaptação da obra de John Romita, Gerry Conway e Ross Andru. Conferimos tudo e vamos contar nossas impressões.

Onde está Frank Castle?

Castle (Jon Bernthal) assume uma nova identidade, Pete Castiglione, após um acordo feito entre ele e o Departamento de Segurança Nacional, tendo que levar uma vida longe crimes. Entretanto, Frank não consegue evitar confusão, entrando em uma briga de bar numa pequena cidade, bem longe de Nova Iorque, sua residência original. É nesse momento que ele descobre que uma organização criminosa está tentando matar uma garota, Amy (Giorgia Whigham), que tinha em mãos arquivos que poderia arruinar a reputação de um grande político.

De volta a Nova Iorque vemos Billy Russo (Ben Barnes) – o Retalho – , que tinha sido preso, fugindo do hospital em que tentava recuperar sua memória, e esforçando-se para juntar as peças de seu quebra-cabeças e entender o que lhe aconteceu. Nesse momento, ele passa a colocar em risco a vida da agente especial Dinah Madani (Amber Rose Revah), principal responsável por sua queda e uma de suas vítimas.

Foto: Divulgação

A ascensão do retalho

O vilão mais conhecido das HQs do Justiceiro é o Retalho. Ele já havia sido apresentado na primeira temporada da série, mas ainda não sabíamos o motivo pelo qual era chamado assim. Billy é um ex-fuzileiro que serviu ao exército junto de Frank, os dois tinha uma relação de amizade forte, muitas vezes se assemelhando a uma espécie de irmandade.

O codinome Retalho veio com o fato de ele ter tido seu rosto “desfigurado” por Castle, após ele ter matado sua esposa e os dois filhos, como mostrado na primeira temporada. Russo tem uma ligação com a máfia e outras atividades criminosas, principalmente roubo e assassinatos. Na série, após fugir do hospital, Billy junta alguns ex-militares e forma uma espécie de milícia que aterroriza Nova Iorque.

Foto: Divulgação

Veredito 

A primeira temporada de “O Justiceiro” foi muito bem recebida pelo público, principalmente por ser um dos personagens mais injustiçados em adaptações para cinema ou TV. Sempre era mostrado uma versão caricata sua, sem nunca representar o seu nível de violência e poder de letalidade. O segundo ano, infelizmente não teve a mesma recepção, principalmente por apresentar um ritmo bem mais lento que o anterior. Apesar disso ser justificado pela a tentativa de mostrar mais da história de Frank, não pareceu tão plausível.

Outro problema, é falta de foco do roteiro, que trabalha com duas tramas e acaba desenvolvendo as duas de forma muito superficial, fazendo o público se envolver pouco e já prever o que acontecerá. Porém, o elenco escolhido é excelente, não decepcionando o espectador, principalmente na escolha de Ben Barnes para viver o vilão Retalho.

Por enquanto, existem rumores que haverá sim uma terceira temporada, porém ainda é algo muito incerto, já que outras grandes produções, como “O Demolidor” (2015 – 2018) e “Punho de Ferro” (2017 – 2018) foram canceladas pela Netflix.

Foto: Divulgação