Tudo o que você precisa saber sobre o Homem-Formiga

17/06/2018 - POSTADO POR EM Filmes
Post thumbnail

Estamos cada vez mais próximos da estreia de “Homem-Formiga e a Vespa”, continuação da primeira adaptação do herói mais malandro da Marvel, que estreou em 2015 nos cinemas. A sequência promete mostrar exatamente o que Scott Lang (interpretado por Paul Rudd) estava fazendo durante os eventos de “Vingadores: Guerra Infinita” (2018) e por que ele supostamente não estava lá presente na luta contra Thanos.

Enquanto esse e outros personagens-chave — a exemplo da Capitã Marvel e do Arqueiro — que vão desempenhar papéis significativos no quarto filme do grupo de heróis não são apresentados ou reintroduzidos no Universo Cinematográfico, trouxemos aqui um pouco da história e algumas curiosidades sobre o tão versátil Homem-Formiga.

Scott, me ajuda

Poucos sabem disso, mas a fundação dos Vingadores nos quadrinhos originais se deu por meio de uma ideia sugerida pelo próprio Homem-Formiga, em parceria com a Vespa, sua esposa. Na primeira HQ, publicada em 1963, o bom e velho Hulk precisa ser salvo de uma armadilha fabricada pelo ilusionista Loki, arqui-inimigo e irmão do asgardiano Thor. Então o deus dos cabelos mágicos convoca o casal e o Homem de Ferro, e ao se darem conta de que foram muito bem sucedidos em conjunto, os heróis consideram formar um grupo. A Vespa sugere o nome “colorido e dramático, como Vingadores”, e o Formiga logo bate o martelo (simbólico, não o do Thor): “É isso mesmo! Os Vingadores!”

Curiosamente, a criação do personagem também foi um dos grandes (ou o menor entre os grandes, se é que me entende) responsáveis por livrar a Marvel Comics da falência. Lá pelos idos dos anos 1960, a editora Magazine Management se afogava em dívidas. Daí surgiu uma ideia de reunir um grupo de pessoas extraordinárias para ver se poderíamos nos tornar algo mais. Então quando eles precisassem, nós poderíamos travar as batalhas…  OK, estamos tentando superar “Guerra Infinita” ainda! Ao lado de Jack Kirby e Larry Lieber, Stan Lee apresentou o inseto em “Tales of Astonish #35”, e com ele também vieram o Homem-Aranha, o Quarteto Fantástico, os X-Men, enfim. O resto vocês podem imaginar.

Foto: Divulgação

Três grandes formigas

Para entender bem a origem do tal Homem-Formiga, é preciso investigar o doutor Hank Pym, desenvolvedor da tecnologia das partículas que lhe possibilitam transformar um uniforme em poderosa arma capaz de diminuir em tamanho e aumentar a força física de quem o veste. O polêmico cientista já causou bastante controvérsia dentro e fora dos quadrinhos, pois sua história gira em torno de temas delicados, como a bipolaridade, o vício em substâncias químicas e o abuso doméstico.

O próximo escolhido para usar a roupa ultra especial foi Scott Lang, que conhecemos bem do recente filme do MCU. Porém, nas revistas periódicas o traje também já foi obtido por Eric O’Grady, ex-agente da S.H.I.E.L.D. No entanto, ligeiramente diferente daqueles que costumam passar pela agência do rei Nick Fury, O’Grady possui uma índole duvidosa: ele conseguiu o protótipo do uniforme de Pym ao roubá-lo de um colega de trabalho que havia sido morto no campo.

Foto: Divulgação

Vida de inseto

Diferente do que nos acostumamos ao ler sobre a tradicional construção da sociedade humana, as formigas fêmeas é que dominam o mundo dessa espécie em particular. De acordo com Corrie Moreau, um cientista estudioso dos insetos no Museu Field de História Natural, “praticamente todas as formigas que você já viu em sua vida inteira são fêmeas”. Isso porque uma vez que as colônias copulam entre si, o macho morre. Na vida real, o que ocorre é que as asas das formigas são arrancadas fora depois do acasalamento. Talvez seja por isso que, nas primeiras edições ilustradas, vimos o Homem-Formiga se transportar com duas parceiras aladas, que atuam como uma carruagem.

Outro detalhe interessante é que as mandíbulas das formigas macho são insuficientes para realizar qualquer tipo de trabalho, e considerando que a sobrevivência desses diminutos seres vivos depende da força de carregar seu subsídio alimentício, temos aí a prova do papel fundamental das fêmeas nessa organização. Que o papel da filha do mentor de Scott Lang na recente adaptação seria importante, disso não temos dúvida, mas especialmente porque a própria atriz que interpretou Hope Van Dyne, Evangeline Lilly, contribuiu bastante na elaboração do roteiro. O resultado foi tão bom, que agora teremos um longa em que ela está lado a lado com o protagonista, em pé de igualdade. É como uma vez perguntou a Rainha Abelha, conhecida também como Beyoncé: “quem comanda o mundo?”

Foto: Divulgação

Ácido fórmico

Muitas teorias já foram elaboradas desde que “Guerra Infinita” estreou nos cinemas, em abril deste ano. Há rumores de que o próximo filme dos Vingadores vai envolver uma série de viagens no tempo, uma vez que foram divulgadas algumas imagens de bastidores mostrando nossos heróis mais conhecidos, como Thor, Steve Rogers e Tony Stark em um cenário que se assemelha com o da batalha de Nova York, do primeiro filme. Eles surgem nesse contexto com roupas e cortes de cabelo parecidos com os daquele evento, mas o que chamou mesmo a atenção dos fãs foi a presença caracterizada no set de Paul Rudd (o próprio Homem-Formiga).

Recentemente, a Disney realizou uma exibição bem exclusiva de cenas do quarto filme na exposição CineEurope. Uma fonte não oficial publicou no Reddit que uma das sequências mostrava Stark conversando com Lang sobre uma nova tecnologia que lhes permitiria uma série de visitas a diferentes realidades para recuperar as Joias do Infinito que estão sob a posse de Thanos. Embora saibamos que não passa de boato, vale considerar que boa parte dos avanços com relação ao conceito do Multiverso e à exploração do mundo quântico devem ser abordados em “Homem-Formiga e a Vespa”, oferecendo pistas para o futuro dos heróis na guerra que ainda não acabou.

Foto: Divulgação