LISTA: Quatro motivos para assistir Shokugeki no Souma

26/09/2017 - POSTADO POR EM Animes / Mangás
Post thumbnail

A temporada de outono chegou, e com ela, vários títulos maravilhosos que você não pode deixar de assistir! Um dos destaques deste ano é a terceira temporada de “Shokugeki no Souma” (conhecido também como “Food Wars!”). O anime conta a história de Souma Yukihira, um rapaz de 15 anos que desde criança ajuda o pai em um pequeno restaurante. O jovem se esforça para um dia superar seu velho na cozinha, mas sempre perdeu todas as batalhas que tiveram, o que lhe motiva a ingressar na Academia Culinária Tootsuki, uma escola de gastronomia profissional.

Gostou do enredo? A gente listou quatro motivos para você entrar de “boca” nesse universo repleto de pratos deliciosos.

Shokugekis

Para quem gosta de acompanhar “Masterchef” e programas do gênero, esse anime é repleto de torneios culinários – uma das causas mais comuns da taxa de graduação tão pequena de Tootsuki. A escola é famosa por suas competições, as chamadas “Shokugeki”, onde os estudantes podem ser desafiados em confrontos culinários. E neles, abrem mão de muito, inclusive sua vaga.

Fora isso, os alunos ainda precisam lidar com o fato de serem testados o tempo todo, com um corpo docente rígido, rivais, a Elite dos 10 – feita pelos alunos mais habilidosos – e os próprios exames escolares. Como um bom anime, o que não falta é treta, apenas com o acréscimo de muita comida bonita.

Foto: Divulgação

Personagens

“Shokugeki no Souma” possui uma variedade de personagens, cada um com suas aptidões específicas (como um mestre dos temperos, a especialista em carnes etc.) e histórias profundas que montam a base de suas motivações para cozinhar. O próprio Souma tem uma personalidade que agrada muito. É seguro do que faz, ao mesmo tempo que, quando falha, procura aprender com seus erros e não ficar para trás. É ao entrar na Tootsuki que ele descobre que não sabia tudo como achava que sabia. Temos no elenco de apoio a fofíssima Megumi Tadokoro, uma cozinheira vinda do interior, que de início soa como uma personagem inexperiente e fraca, mas seu desenvolvimento é maravilhoso e faz com que você torça por ela o anime inteiro, o que traz um ar diferente para a história.

Os rivais principais de Souma na escola são únicos em suas habilidades. Takumi Aldini é um jovem italiano que, apesar de sua rixa com o protagonista ser unilateral, toma esse sentimento como incentivo para ser o melhor. A jovem Erina Nakiri é neta do diretor da escola e possui um paladar refinado, cuja perícia é denominada “Língua Divina”. Temos também Akira Hayama, que é conhecido pelo seu senso olfativo incrível e sua maestria ao mexer com temperos e aromas. Todos fazem parte do desenvolvimento de Souma e contribuem para que ele se torne um chef melhor.

Foto: Divulgação

Comida

O foco principal continua sendo naquilo de que todos nós gostamos: comida. Mesmo com uma visão profissional em cima dos pratos, a história tem momentos bastante didáticos ao descrever receitas e técnicas reais de culinária. Sempre que um personagem apresenta seu prato, ele explica de forma clara para que até alguém que não entenda direito sobre o assunto possa compreender quais os processos feitos para chegar ali. Os detalhes em tornar tudo tão suculento e realista dão vontade de você mesmo tentar fazer alguma coisa. E a melhor parte: dá pra fazer sim!

É tanta comida bonita, que nem os personagens aguentam, com as cenas exaltando todas as sensações de quem prova alguma coisa. O fanservice era até exagerado no início, mas passou a ser equilibrado.

As receitas mostradas em “Shokugeki no Souma” são todas verdadeiras e feitas por inúmeros chefs que contribuem com os criadores. A principal colaboradora é a chef Yuki Morisaki, que até já lançou um livro de culinária com as receitas da primeira temporada.

Cultura

Como dentro da série a academia Tootsuki é um nome internacional e referência para o cenário gastronômico, é normal que muitos personagens sejam de origem estrangeira. Isso adiciona uma riqueza cultural tanto para os diálogos como para a própria comida. Como dito anteriormente, tudo mencionado é baseado em comidas reais, então é uma chuva de conhecimento de culinária: de como cortar peixe, fazer massa verdadeiramente italiana, assar uma carne ou até fritar um ovo perfeito. Eu mesma (#Jessica) já testei várias receitas – adiantando que sou péssima na cozinha – e elas já quebraram muitos galhos. E não só a cultura estrangeira é bem apreciada, mas também a cultura pop japonesa, com várias referências a outros animes, jogos, e à história do Japão. Você é apresentado a tanta coisa, que alimenta o interesse de pesquisar além do que as cenas mostram.

A terceira temporada de “Shokugeki no Souma” estreia dia 3 de outubro, e recomendamos assistir comendo algo bem gostoso – pois invariavelmente você vai ficar com fome a cada episódio!