Sense8: A conexão está ainda mais forte

03/05/2017 - POSTADO POR EM Séries
Post thumbnail

Vocês estão prontos para embarcar numa conexão ainda mais profunda e cheia de emoções? Assim é a segunda temporada de “Sense8”, disponibilizada nesta sexta-feira, 05 de maio, na Netflix. Para quem não acompanha, a série apresenta um grupo de oito pessoas que são conectadas ao redor do mundo, capazes de ouvir, sentir e ver uma às outras.

Pode até parecer um pouco complicado, mas os meios e formas utilizados na produção deixam tudo mais leve e sensorial, proporcionando belos personagens e tramas. Assistimos ao espetáculo e separamos quatro curiosidades para você não ficar de fora desse universo compartilhado dos sensates. Atenção: se você não assistiu a temporada, e principalmente a série, o texto contém spoilers!

É sobre pessoas

Não estamos falando de super-heróis, mas de pessoas completamente diferentes que, em um determinado momento, começam a compartilhar sonhos e desejos. São seres humanos comuns, como eu e você, que correm atrás de seus objetivos, sem intenção alguma de salvar o mundo.

Nesse caminho, inúmeros assuntos são abordados, como sexualidade, racismo e, até mesmo, ciência. O importante é que cada temática ganha um espaço consistente no enredo, sendo bem trabalhado a partir dos personagens. A sensate Nomi, por exemplo, é uma mulher trans que encara problemas de aceitação da família. Mas em um determinado momento da segunda temporada, ela consegue demonstrar como se sente perante essa situação e como sempre sofreu na sua vida, principalmente, na adolescência. Este é um dos momentos que tornam a série um verdadeiro espetáculo.

Eles estão mais conectados

A distância não é desculpa para ficar longe das pessoas que amamos. Em “Sense8”, os oito personagens principais (Nomi, Wolfgang, Lito, Capheus, Will, Kala, Sun e Riley) estão localizados em diferentes cantos do mundo, como África, México, Chicago e Alemanha. Mesmo assim, eles interagem e protegem uns aos outros. É simplesmente incrível assistir as cenas em que eles fazem trabalho em equipe, desde fugir de um presídio a conseguir um papel como ator num filme hollywoodiano. Vale lembrar que cada um deles apresenta habilidades distintas, como lutar, hackear computadores e fazer bombas caseiras.

Foto: Divulgação

Temos vários vilões e armadilhas

Vocês lembram dos Sussurros? Na segunda temporada, eles são apresentados como os verdadeiros vilões da franquia. Afinal, o grupo de cientistas tem como missão rastrear e exterminar todos os sensates da civilização. Parece loucura, né? Mas no começo da iniciativa, as coisas não eram exatamente assim, fato que é apresentado na “origem” da organização.

Em paralelo ao inimigo clássico, também temos acesso a outros sensates, sendo alguns bons e outros maus, responsáveis por criar várias armadilhas para os personagens principais. Cabe aos mocinhos descobrirem quem é a falsiane da história.

Foto: Divulgação

Aa músicas e suas sensações

Além de uma história envolvente e surpreendente, a série ainda apresenta uma trilha sonora fantástica, que sempre ressalta momentos de amor, ação e suspense. Não é à toa que quando acabamos de assistir ao show cinematográfico, temos vontade de sair cantando todas as músicas. Na segunda temporada, temos hits de artistas como Avicii, Jetta e 4 Non Blondes.