Oscar 2019: Possíveis indicados – Parte 2

21/01/2019 - POSTADO POR e EM Filmes E Oscar
Post thumbnail

Agora que você já conferiu a primeira parte das nossas previsões para as categorias técnicas do Oscar, chegamos enfim aos prêmios principais da festa. Dentre as indicações mais badaladas estão as de atuação, direção, e melhor filme. Como nem todas as produções foram lançadas, levamos em conta o circuito de festivais, o buzz que alguns títulos tem gerado e o histórico da temporada de premiações até o momento. Os indicados oficiais serão anunciados no dia 22 de janeiro e o evento irá ocorrer em 24 de fevereiro.

Melhor Animação

Imagem: Divulgação

Disney-Pixar sempre são os favoritos nessa categoria – mas esse ano é a exceção. Apesar de os estúdios poderem contar com indicações para as sequências de “Detona Ralph” (2012) e “Os Incríveis” (2004), sendo esse último vencedor de dois prêmios Oscar, o favorito este ano vem da Sony Pictures Animation, com o aclamado Homem-Aranha no Aranhaverso. A Ilha dos Cachorros de Wes Anderson também está no páreo. Completando os indicados, a animação japonesa “Mirai” deve figurar na lista.

Prováveis Candidatos:

  • “Ilha dos Cachorros”
  • “Os Incríveis 2”
  • “Mirai”
  • “Homem-Aranha no Aranhaverso”
  • “Wifi Ralph – Quebrando a Internet”

Melhor Filme Estrangeiro

Pawel Pawlikowski, vencedor da categoria em 2014, por “Ida”, deve concorrer novamente, com seu romance cinquentista “Guerra Fria”. O continente asiático tem fortes candidatos neste ano, com “Assunto de Família” e “Em Chamas”. Um título certo para aparecer é “Roma”, drama mexicano de Alfonso Cuarón produzido pela Netflix, e que deve aparecer em várias outras categorias.

Prováveis Candidatos:

  • “Roma” (México)
  • “Guerra Fria” (Polônia)
  • “Assunto de Família” (Japão)
  • “Em Chamas” (Coreia do Sul)
  • “Cafarnaum” (Líbano)

 Melhor Roteiro Adaptado

Foto: Divulgação

Com a adaptação da tecnologicamente avançada Wakanda dos quadrinhos para a telona, “Pantera Negradeve levar mais uma indicação, sendo o filme da Marvel com mais chances de aparecer no Oscar desde a criação do MCU. A veterana de telas “Nasce uma Estrela” – sendo a atual sua quarta versão – traz grandes chances para Bradley Cooper receber uma menção aqui, atualizando a trama para mais de 40 anos depois da última adaptação.

Vencedor da categoria em 2017, Barry Jenkins aparece com um romance de época do autor James Baldwin: “Se a Rua Beale falasse”. E além deste, outro provável concorrente é “Infiltrado na Klan”, baseado em uma história real retratada em livro por seu próprio protagonista, Ron Stallworth. O diretor Spike Lee traz um tom mais cômico, porém com uma forte mensagem contra o racismo ainda presente nos EUA.

Prováveis Candidatos:

  • Barry Jenkins (“Se a Rua Beale Falasse”)
  • Spike Lee, Charlie Wachtel, David Rabinowitz e Kevin Willmott (Infiltrado na Klan)
  • Nicole Holofcener e Jeff Whitty (“Poderia me perdoar?”)
  • Eric Roth, Bradley Cooper e Will Fetters (“Nasce uma Estrela”)
  • Ryan Coogler e Joe Robert Cole (“Pantera Negra”)

Melhor Roteiro Original

O texto suave de Alfonso Cuarón reconstitui memórias de sua infância a partir do ponto de vista de uma empregada doméstica no interior do México. O trabalho vem sido reconhecido e contrasta bastante com a densidade de “No Coração da Escuridão”, obra filosófica do veterano Paul Schrader que pode ter uma nova chance aqui.

A excentricidade de “A Favorita”, o balanço entre os temas sociais em “Green Book: O Guia” e a dinamicidade de “Vice” devem ser lembradas também. Podem surgir como azarões na categoria os suspenses que deram o que falar em 2018, “Hereditário” e “Um Lugar Silencioso”.

Prováveis Candidatos:

  • Alfonso Cuarón (“Roma”)
  • Deborah Davis e Tony McNamara (“A Favorita”)
  • Nick Vallelonga, Brian Currie e Peter Farrelly (“Green Book: o Guia”)
  • Adam McKay (“Vice”)
  • Paul Schrader (“No Coração da Escuridão”)

Melhor Atriz Coadjuvante

Foto: Divulgação

A disputadíssima categoria vem dividindo as premiações até o momento. Com as mulheres de “A Favorita” surgindo como figurinhas carimbadas, alguns prêmios foram divididos entres as duas e outros foram destinados a Regina King, que no momento figura como o nome com maior chances na disputa. Claire Foy tem grandes momentos em “O Primeiro Homem” e, em um ano menos concorrido, poderia ter a vitória garantida. A querida Amy Adams deve ter uma vaga esse ano, mas sem chances reais de levar o prêmio (sua hora ainda vai chegar, ícone).

Prováveis Candidatas:

  • Claire Foy (“O Primeiro Homem”)
  • Regina King  (“Se a Rua Beale Falasse”)
  • Rachel Weisz (“A Favorita”)
  • Emma Stone (“A Favorita”)
  • Amy Adams (“Vice”)

Melhor Ator Coadjuvante

Indicados no ano passado, Timothée Chalamet e Sam Rockwell (atual vencedor) devem ser lembrados pela Academia mais uma vez. Tendo levado o Globo de Ouro e o Critic’s Choice nesta temporada, Mahershala Ali pode carimbar sua presença na premiação, já possuindo uma estatueta dourada por “Moonlight” em 2017. Figuras mais antigas, Sam Elliott e Richard E.Grant devem ter sua primeira indicação ao Oscar desta vez, por seus papéis em “Nasce uma Estrela” e “Poderia me perdoar?”, respectivamente.

Prováveis Candidatos:

  • Mahershala Ali (“Green Book: o Guia”)
  • Timothée Chalamet (“Querido Menino”)
  • Sam Rockwell (“Vice”)
  • Richard E. Grant (“Poderia me perdoar?”)
  • Sam Elliott (“Nasce uma Estrela”)

Melhor Ator

Foto: Divulgação

Foi um ano de transformações para Christian Bale e Rami Malek. O primeiro teve de engordar 20kg para interpretar Dick Cheney, figura histórica que se tornou vice-presidente dos Estados Unidos. A cinebiografia do político e a maquiagem pesada lembram a performance vencedora do Oscar passado, de Gary Oldman como Winston Churchill.

Já o protagonista de “Bohemian Rhapsody” teve de usar uma prótese dentária para encarnar Freddie Mercury, o eterno vocalista do Queen. O filme foi um sucesso de público e tanto ele quanto Rami Malek vem sendo reconhecidos em algumas premiações. Bradley Cooper e Ethan Hawke ambos possuem 4 indicações ao Oscar e carreiras estabelecidas. Eles já estiveram mais fortes na corrida de outros anos, mas devem ser lembrados nas indicações dessa temporada.

Prováveis Candidatos:

  • Christian Bale (“Vice”)
  • Viggo Mortensen (“Green Book: o Guia”)
  • Bradley Cooper (“Nasce uma Estrela”)
  • Rami Malek (“Bohemian Rhapsody”)
  • Ethan Hawke (“No Coração da Escuridão”)

Melhor Atriz

O hype pela vitória de Lady Gaga com “Nasce uma Estrela” caiu depois de Glenn Close levar o Globo de Ouro pelo seu meticuloso trabalho em “A Esposa”, mas trouxe esperanças para os fãs da cantora após as duas empatarem no Critic’s Choice. Neste prêmio, inclusive, Yalitza Aparicio, atuando pela primeira vez em “Roma”, foi indicada, porém as chances de uma estreante ser mencionada pela Academia, ainda que existam, são baixas.

Olivia Colman tem seu papel como uma excêntrica rainha da Inglaterra alavancado em “A Favorita” por Emma Stone e por Rachel Weisz. Melissa McCarthy, conhecida por seus papéis em comédias, protagoniza um drama ao lado de Richard E. Grant, onde interpreta uma escritora falida e com bloqueio criativo.

A quinta e última vaga é disputada entre Emily Blunt como a babá mágica mais famosa do cinema em “O Retorno de Mary Poppins” e Toni Collette como uma mãe atormentada no terror de “Hereditário”.

Prováveis Candidatas:

  • Lady Gaga (“Nasce uma Estrela”)
  • Glenn Close (“A Esposa”)
  • Olivia Colman (“A Favorita”)
  • Toni Collette (“Hereditário”)
  • Melissa McCarthy (“Poderia me perdoar?”)

Melhor Diretor

Foto: Divulgação

Essa temporada foi marcada pelo retorno de diretores premiados, como Alfonso Cuarón, Damien Chazelle, Barry Jenkins, Steve McQueen e outros lançando projetos no circuito de festivais. Entretanto, somente Cuarón parece seguir firme e forte na disputa – como favorito, inclusive.

Com “Infiltrado na Klan”, Spike Lee faz um trabalho importante e atual, amparado por sua experiência de décadas como diretor. Bradley Cooper, por sua vez, assume pela primeira vez a direção de um longa e revitalizou um projeto que estava em desenvolvimento há um bom tempo em Hollywood. O diretor grego Yorgos Lanthimos parece uma aposta segura tendo em vista as indicações certas de suas 3 atrizes por A Favorita. Os diretores de “Vice” e de “Green Book: O Guia” disputam pela última vaga.

Prováveis Candidatos:

  • Alfonso Cuarón (“Roma”)
  • Spike Lee (“Infiltrado na Klan”)
  • Yorgos Lanthimos (“A Favorita”)
  • Bradley Cooper (“Nasce uma Estrela”)
  • Peter Farrelly (Green Book: o Guia”)

Melhor Filme

Nos últimos anos, a Academia optou por não preencher as 10 vagas disponíveis para a disputa de Melhor Filme. A última vez que isso aconteceu foi em 2011, portanto, em 2019, podemos prever 9 concorrentes, sendo a média mais recente.

Com somente “Nasce uma Estrela” e “Pantera Negra” ambientados em dias atuais, a maior parte dos favoritos são filmes de época, fato recorrente nas últimas premiações. Tendo o racismo como ponto principal da trama, “Infiltrado na Klan” e “Green Book: o Guia” trazem o delicado e importante tema que sempre recebe destaque pela Academia. “Pantera Negra” também possui uma forte representatividade, com altas chances de ser o primeiro filme de super herói na história a ser indicado na categoria principal.

Fora dos circuitos hollywoodianos, “Roma” pode entrar na seleta lista, sendo o primeiro filme estrangeiro a receber tal honra desde “Amour”, de 2012. O trabalho autoral de Cuarón promete brigar por cada categoria em que será indicado. Seria também a primeira produção assinada pela Netflix a concorrer ao Oscar de Melhor Filme.

No caso improvável de a Academia indicar 10 filmes, tendo em vista que esse ano um leque de filmes mornos vem ganhando destaque, temos dois musicais com chances de aparecer na lista: o querido do público “Bohemian Rhapsody” e “O Retorno de Mary Poppins”, sequência do premiado clássico da Disney.

Prováveis Candidatos:

  • “Roma”
  • “A Favorita”
  • “Nasce uma Estrela”
  • “Se a Rua Beale Falasse”
  • “Green Book: o Guia”
  • “Infiltrado na Klan”
  • “O Primeiro Homem”
  • “Pantera Negra”
  • “Vice”