O que esperar da Fase 4 da Marvel?

02/08/2019 - POSTADO POR and EM Conteúdo, Filmes E Séries

Depois do final da Saga do Infinito, a Marvel não deixou seus fãs esperando muito para saber sobre o futuro do estúdio. A San Diego Comic-Con 2019 contou com um painel que deixou os fãs empolgadíssimos com os anúncios do que estava por vir. Dessa vez, além do calendário de filmes, também temos séries com personagens já queridos e que serão lançadas diretamente no novo serviço de streaming da Disney. 

Confira com a gente o que de melhor o futuro das produções da Marvel nos reserva.

Foto: Divulgação

Protagonismo feminino

A Fase 4 parece vir com a intenção de dar mais destaque para as heroínas da Marvel. A começar pelo próximo filme do Thor, intitulado “Thor: Love and Thunder”, onde seremos apresentados a um novo deus do trovão, ou melhor, uma deusa. Natalie Portman está de volta aos estúdios e assumirá a posse de Mjölnir, e além dela também teremos a presença de Valquíria (Tessa Thompson) como a nova rainha de Asgard.

Também tivemos o anúncio da data do longa solo da nossa espiã favorita. Scarlett Johansson viverá a Viúva Negra mais uma vez no filme que chegará aos cinemas em 1º de maio de 2020. Junto com ela teremos um grande elenco com nomes como Rachel Weisz (de “A Favorita”), David Habrour (de “Stranger Things”), O-T Fagbenle (de “The Handmaid’s Tale”) e Florence Pugh (de “Midsommar: O Mal Não Espera a Noite”).

Outra grande produção anunciada foi o filme dos Eternos, que escalou ninguém menos que Angelina Jolie como uma de sua protagonistas. Um ponto a se notar é que de acordo com os quadrinhos o grupo só contaria com uma única mulher, porém ao apresentar o restante dos atores foi revelado que três dos personagens principais tiveram seus gêneros trocados para o feminino, o que certamente deixará a equipe mais equilibrada.

Foto: Divulgação

Séries e mais séries

Com o lançamento do serviço de streaming Disney+ programado para sair nos Estados Unidos ainda esse ano, a Marvel sabiamente dividiu o protagonismo dos filmes da Fase 4 com novas produções de séries. A grande surpresa entre os anúncios foi provavelmente a produção “What If…?”. Prevista para 2021, ela é baseada em uma série de quadrinhos da editora e mostrará vários universos paralelos em que antigos conhecidos nossos (heróis e vilões) vivem vidas completamente diferentes. 

Entre os anúncios temos “Falcão e Soldado Invernal”, protagonizada por dois dos mais importantes companheiros do Capitão América vivido por Chris Evans. Esse título agora passará para Sam Wilson (Anthony Mackie), que fará dupla com Bucky (Sebastian Stan). A série deve sair no segundo semestre de 2020.

Duas carinhas conhecidas que também estarão de volta são Feiticeira Escarlate (Elizabeth Olsen) e Visão (Paul Bettany), que vão estrelar a produção “WandaVision”, prevista para o primeiro semestre de 2020. A trama se passará depois de “Vingadores: Guerra Infinita” e terá ligação direta com outro dois filmes da Fase 4: “Doctor Strange in the Multiverse of Madness”, descrito no painel como o primeiro filme de terror da Marvel. Além disso o seriado também trará a versão crescida de Monica Rambeau, filha de Maria Rambeau, ambas apresentadas em “Capitã Marvel”.

A série “Loki”, por sua vez, trará de volta o nosso amado Tom Hiddleston de volta como o Deus da Trapaça e mostrará o que ele fez com o Tesserract após aquela cena de “Vingadores: Ultimato” que deixou todo mundo curioso. A estreia tem previsão para o primeiro semestre de 2021. Também veremos o seriado do Gavião Arqueiro, que ficou para o segundo semestre de 2021 e mostrará o herói preparando sua sucessora, Kate Bishop.

Foto: Divulgação

Lado Místico

A Marvel já havia cruzado o território do misticismo antes, mas sempre havia uma certa cautela em abordar o lado da magia mais pura. Em “Homem de Ferro 3” (2013), o vilão Mandarim prometeu e não cumpriu. Nos quadrinhos o personagem era uma espécie de mago que usava diferentes anéis que lhe concediam poderes. No filme de Tony Stark, porém, ele não passava de um impostor de uma organização terrorista.

Agora, com o anúncio de “Shang-Chi and the Legend of the Ten Rings” para 2021, a promessa é a de que teremos o verdadeiro Mandarim chegando ao MCU no primeiro filme liderado por um elenco asiático da franquia. Shang-Chi é um habilidoso lutador de artes marciais que possui uma forte conexão com o Chi, força de vida que emana energia de todos os seres. Nas HQs, ele ainda adquire a habilidade de criar clones de si mesmo após ser exposto à radiação.

Já quem deve se tornar ainda mais sobrenatural é o Doutor Estranho, uma vez que o novo longa do herói foi anunciado como a primeira produção “assustadora” da Marvel. O filme terá a participação de Wanda (Elizabeth Olsen), que cada vez mais se aproxima do seu título de Feiticeira Escarlate. Apesar de descrito como o primeiro terror do MCU, veremos o quanto esses elementos irão de fato aparecer, visto que dificilmente o estúdio estaria disposto a lançar um filme com uma classificação indicativa mais alta.

Imagem: Divulgação

Futuro diverso

Em meio a rostos conhecidos e novos personagens, uma certeza é a de que a próxima fase da Marvel será povoada com diversidade. Se no time original dos Vingadores tínhamos 6 membros, sendo 5 homens brancos dos quais 3 tiveram suas próprias trilogias, basta olhar agora para o elenco de “Os Eternos” e ver que diferentes grupos étnicos podem cada vez mais se sentirem representados na tela, o que é muito significativo.

Além de trazer uma importante representatividade latina com a escalação de Salma Hayek, o filme dirigido pela chinesa Chloé Zhao terá a primeira heroína surda do MCU, interpretada por Lauren Ridloff (de “The Walking Dead”). Antes do anúncio oficial do longa, foi reportado que o estúdio estaria à procura de um ator gay para um personagem LGBTQ+ em “Os Eternos”. Como nada foi confirmado, teremos de esperar para ver. De qualquer forma Tessa Thompson, a Valquíria, já disse que, como rainha de Asgard, a personagem terá de ir atrás de “outra rainha” no próximo filme do Thor.

Por último, mas não menos importante, foi anunciado um reboot de “Blade, O Caçador de Vampiros”. Nem todos se lembram, mas a clássica trilogia estrelada por Wesley Snipes é baseada nas HQs da Marvel. Mahershala Ali, duas vezes vencedor do Oscar, entrou pessoalmente em contato com o estúdio demonstrando interesse no papel e o filme está sendo desenvolvido com ele como o protagonista. Ainda não há, porém, uma data de lançamento, uma vez que o personagem só deve ser introduzido na Fase 5. Com todo esse planejamento extenso, a Marvel definitivamente tem tudo sob controle.

Foto: Divulgação