Lista: 5 motivos para assistir The Great

21/09/2020 - POSTADO POR EM Séries

A série de comédia dramática The Great é uma produção da Hulu, lançada em 2020, e que está disponível no Brasil pelo streaming Starz Play, bem como por meio do Prime Video Channels. A primeira temporada possui 10 episódios e é baseada vagamente na ascensão de Catarina, a Grande, imperatriz da Rússia. Vamos listar aqui todos os motivos para você não deixar de conferir a produção.

1) Elle Fanning e Nicholas Hoult são os protagonistas

Você com certeza já deve ter visto trabalhos desses dois atores, que vem se destacando recentemente em Hollywood. Fanning estrelou filmes como Malévola (2014) e Por Lugares Incríveis (2020) enquanto Hoult participou de longas da franquia X-Men, de Mad Max: Estrada da Fúria (2015) e de A Favorita (2018).

Fanning traz uma Catherine muito ingênua a princípio, mas que rapidamente aprende como se realocar na corte para fazer crescer a sua influência. Já o Peter de Hoult é um monarca tolo e muitas vezes cruel, mas que graças ao carisma do ator não consegue ser inteiramente odiado pelo espectador.

Imagem: Divulgação

2) Comédia sem pretensão histórica 

Mesmo se inspirando na imperatriz Catarina, a Grande, a série deixa claro logo no início que não tem ambição de ser historicamente correta. Em todos os episódios vemos o seu título com um asterisco e embaixo a observação: “uma história ocasionalmente verdadeira”.

Assim, a narrativa tem a liberdade de romantizar os fatos e colocar tudo de uma maneira mais interessante e curiosa para o público. Sendo uma comédia dramática, temos cenas divertidas, com situações absurdas – como o imperador andando pelado pelo seu palácio de maneira extremamente natural ou dormindo com a mulher de seu melhor amigo na frente do mesmo -, além de outras com tom mais sombrio e que encarnam a parte sóbria da trama.

Imagem: Divulgação

3) Os figurinos e cenários são incríveis

Como uma produção de época, The Great abusa de figurinos glamurosos, coloridos e de encher os olhos. É interessante ver principalmente as roupas de Catherine, pois ela não tem pudor de usar vestidos mais práticos para o seu dia a dia, quando se dedica aos estudos sobre o reino, e outros mais elaborados em situações específicas da corte, como uma festa ou visita de emissários.

Os cenários também são bem trabalhados, evidenciando a grandeza do palácio russo, com tomadas ao ar livre mostrando a floresta ao redor e os jardins reais. Nas cenas internas podemos ver diversos cômodos do castelo, desde as salas da monarquia, até passagens secretas e o alojamento dos criados.

Imagem: Divulgação

4) A série foi indicada ao Emmy

The Great faturou duas indicações ao Emmy deste ano: Melhor Roteiro e Melhor Direção em Série de Comédia, que de fato são dois grandes méritos da produção. O roteiro é inteligente, com diálogos rápidos e um bom timing de comédia. (Duvido você assistir todos os episódios e não se pegar repetindo “indeed” ou “huzzah!” como a maioria dos personagens.)

A direção é um complemento a essas características, valorizando as atitudes dos protagonistas com cenas bem colocadas no exterior e interior das locações. A série se beneficiaria de um ritmo menos quebrado durante o meio da temporada, que tem alguns episódios que perdem um pouco do bom progresso que a produção tem, mas nada que prejudique o todo da obra.

Imagem: Divulgação

5) Iremos ter uma segunda temporada

Se você estava com medo de ver mais uma série com final em aberto devido a um cancelamento, já pode ficar aliviado, pois pouco antes da finalização da primeira temporada The Great garantiu mais um ano. Ainda sem data de estreia, a produção não possui um retorno de filmagens definido por conta da pandemia, mas devemos ter novidades dela em breve.

O primeiro ano da série termina em um momento crítico para Catherine e que possivelmente marcará mais um ponto de virada na trajetória da protagonista. Só nos resta aguardar para saber como será o seu desenvolvimento e quais personagens prosseguirão com ela nessa jornada.

Imagem: Divulgação