Hotel Transilvânia 3: Assustadoramente engraçado

14/07/2018 - POSTADO POR EM Filmes
Post thumbnail

Todos gostam de férias, não é mesmo? A recém animação da Sony, “Hotel Transilvânia 3: Férias Monstruosas”, trouxe nosso querido Conde Drácula e sua turma para tirar uma folguinha de tanto trabalho. O longa é o terceiro filme da série dirigido por Genndy Tartakovsky, que esteve à frente de grande projetos, como “O Laboratório de Dexter” (1996 – 2003) e “Samurai Jack” (2004).

A gente conferiu a animação e separamos algumas impressões. Confere aí!

História divertida

Drácula é um vampiro que dedica sua vida a cuidar de seu hotel na Transilvânia. Porém, tudo muda quando sua filha Mavis começa a construir uma família, causando muita solidão e tristeza no nosso papai. Ao perceber isso, a moça organiza alguns dias de folga para seu pai e toda a turma de monstros em um cruzeiro. Ela não contava que o velho vampiro se encantasse pela capitã do navio, Ericka.

Mavis acaba se sentindo incomodada com a nova amizade entre seu pai e a capitã, e passa a ficar em estado de alerta. Tudo, no entanto, começa a virar uma confusão quando um perigoso segredo é revelado no navio, colocando em risco Drácula e sua família.

Humor garantido!

Assim como os outros filmes da série, “Hotel Transilvânia 3” tem um toque de humor bem simples, que busca agradar tanto crianças como adultos. Além disso, o toque cômico do longa fica a cargo das analogias com o mundo “real”, fazendo diversas alusões ao dia-a-dia ou mesmo subvertendo o significado de algo a que estamos acostumados.

Em alguns momentos, as piadas são feitas através da linguagem utilizada comumente, ou mesmo trazendo “memes” da internet para as telonas. Esse aspecto provavelmente deve ter sido utilizado para atrair os mais velhos, mas também funciona para crianças.

A qualidade técnica da animação também chama atenção, trazendo para novos personagens com visuais peculiares. A trilha e os efeitos sonoros ajudam a prender a atenção do espectador, sendo parte fundamental para a trama. Por todos esses motivos, não é à toa esse é o longa mais bem avaliado pelos sites de crítica Rotten Tomatos e Metacritic.

Veredito

Com toda certeza esse é o melhor e mais engraçado filme da franquia (#Rebeca). O humor continua simples, abordando situações do cotidiano humano de forma a fazer sentido no universo monstruoso. Se você gosta de tramas simples e que roubem um sorriso através de uma comicidade mais inocente e sem apelações, esse é um filme que vai te agradar. É possível que adultos que cresceram nos anos 1990 guardem um carinho especial por essa animação por conta das surpresas presentes nele, como nomes icônicos e músicas da época. Vale ressaltar que não é necessário assistir em 3D!

Foto: Divulgação