Cinco novas heroínas da Marvel que merecem atenção

14/05/2017 - POSTADO POR EM HQs/Livros
Post thumbnail

Após os eventos descritos em “Vingadores vs. X-Men”, os fãs da Marvel puderam conhecer os Fabulosos Vingadores. Outras séries em quadrinhos começaram, personagens clássicos ganharam novos uniformes e a formação original das equipes foi alterada. A Marvel NOW! (chamada Nova Marvel no Brasil) nos apresentou a diversos heróis que prometem elevar o padrão da diversidade e da representatividade nas HQs. Entre eles separamos cinco heroínas que devem render bastante nos próximos anos.

Coração de Ferro

Riri Williams é uma jovem negra superinteligente que foi criada pela mãe e padrasto num ambiente em que era mais fácil se isolar em sua concha do que agir naturalmente na escola. Então, um trágico acontecimento envolvendo seu pai adotivo e sua melhor amiga acabaram por transformar para sempre a vida da garota, que aos quinze anos já colecionava itens do campus do MIT (a mais prestigiada faculdade de tecnologia dos EUA) para logo em seguida montar a própria armadura. É assim que Riri chama a atenção de Tony Stark. Se você sabe o que acontece ao final de Guerra Civil 2, já dá para imaginar quem vai assumir essa tocha do Homem de Ferro adiante.

Foto: Divulgação

Nova Vespa

Poucos podem se lembrar, mas antes de conhecer Janet Van Dyne, Hank Pym (o Homem-Formiga) foi casado com Maria Trovaya. Desse relacionamento nasceu Nadia Pym, que foi submetida ao programa soviético Sala Vermelha (o mesmo que deu origem à Viúva Negra). Pouco depois de sequestrada e antes de ser executada pelos agentes estrangeiros, Trovaya deu luz a esta moça, que mais tarde conheceria os Vingadores. Criada como uma assassina, Nadia se torna uma excelente bioquímica e assume as técnicas de miniaturização do pai, desenvolvendo seu próprio traje de Vespa.

Foto: Divulgação

Gwenpool

Já imaginou se Gwen Stacy, a eterna namoradinha do Homem Aranha, por acaso resolvesse vestir a fantasia do irreverente Deadpool? Pois o roteirista Christopher Hastings e o coletivo Gurihiru já. Gwen Poole tem origem supostamente no “mundo real”, onde os heróis e vilões do universo Marvel são personagens de histórias em quadrinhos. A metalinguística é o principal ingrediente da criação, em que roteiristas e artistas são representados como caricaturas deles mesmos.

Foto: Divulgação

Moon Girl e o Dinossauro-Demônio

Conheça Lunella Lafayette, uma menina prodígio capaz de trocar sua mente com outros corpos. Ao tentar escapar de uma catástrofe que ameaça o Planeta Terra, Lunella acaba encontrando o dócil e fiel Dinossauro-Demônio, originário de uma dimensão onde as tribos primitivas coexistiam com os gigantes extintos. Assim, a garota passa a abraçar sua genética mutante, na luta pelo bem estar do mundo atual. Moon Girl já é peça fundamental na saga “Inumanos vs. X-Men”.

Foto: Divulgação

Singularidade

Sua origem é um mistério ainda a ser revelado. Atualmente, a Singularidade faz parte do Universo Marvel 616. A extensão do seu poder também é desconhecida, mas sabemos que ela é capaz de teletransportar grupos inteiros de heróis para qualquer lugar. Ao final de “Guerras Secretas”, ela passa a lutar sem consequências contra Antimatéria, seu lado perverso. Para aniquilar esse mal, ela receberá ajuda da Mulher-Hulk, da feiticeira Nico Minoru e da Capitã Marvel.

Fptp: Divulgação