Entrevista: Conheça Nil Bernardes, dublador de Pokémon por 14 anos

28/04/2020 - POSTADO POR EM Animes / Mangás

Muitas aberturas de desenho animado marcaram a nossa infância: “Pokémon”, “Zoboomafoo”, “Digimon”, “Bakugan”, “Beyblade”, “Vila Sésamo”… Mas sabe o que esses programas têm em comum? As músicas de abertura foram gravadas pela mesma voz!

Entrevistamos Nil Bernardes, o cara que tá na sua memória afetiva – mesmo que você não saiba disso!  Ele participa de dublagens e produções musicais desde os anos 80 e tem um currículo imenso. É até engraçado que a gente não saiba que uma só pessoa é responsável por tantas músicas. Vamos à entrevista?

Roteiro Nerd: Como você entrou no mundo da dublagem e produção musical? 

Nil Bernardes: A minha primeira experiência foi em 1989 na BKS. Era uma série chamada “Lucky Luke” (1983). Um cavaleiro vinha em seu cavalo cantando a canção de abertura e tive a oportunidade de adaptar e gravar a canção.

RN: Qual a abertura/canção que você mais gosta de ter gravado?

NB: Tenho no meu currículo várias canções: “Pokémon”, “Digimon”, “Tartarugas Ninjas”, “Barney e Seus Amigos”. Uma das que mais gosto é a abertura de uma série chamada “A Pedra dos Sonhos” (1990). Até hoje é a abertura que os fãs gostam muito!

RN: Como funciona o processo de deixar em português uma música que veio de outro idioma? 

NB: O processo de se fazer uma adaptação para dublagem começa com a (empresa) dubladora enviando o filme e a música original. Eles também mandam a letra (tradução) da música, e dentro dessa tradução faço a adaptação. Tenho que fazer dentro do que realmente quer dizer a original. Dá um trabalhinho porque são cenas em que há uma demonstração de algum objeto ou situação e você não pode fugir disso. Às vezes, dá um pouquinho mais de trabalho para você fazer poeticamente a adaptação. 

RN: Qual o seu trabalho favorito?

NB: Inegavelmente a série que me deu mais prazer em trabalhar foi “Pokémon”. Durante 14 anos, fui a voz masculina da série. É a série que me deu mais prazer e marcou a minha vida. A primeira abertura de “Pokémon” foi interpretada pela Janayna Bianch e tive a grande oportunidade de fazer parte do vocal.

“Pokémon” realmente ficou na história da minha carreira como cantor e adaptador. Os dois CDs que existem de “Pokémon” foram produzidos por mim, receberam até disco de ouro e de platina!

RN: Existe alguma abertura de desenho que você goste muito e que queria ter gravado?

NB: Olha, tem muitas aberturas que gostaria de ter participado. Uma das que mais gosto é “Dragon Ball GT”. Eu realmente gostaria de ter feito!