Entenda os pós-créditos de Homem-Aranha: Longe de Casa

11/07/2019 - POSTADO POR EM Filmes
Post thumbnail

A essa altura, você já deve ter visto “Homem-Aranha: Longe de Casa”. O novo longa do aracnídeo estreou com uma bilheteria acima das expectativas, arrecadando meio bilhão de dólares apenas no primeiro fim de semana. O sucesso é prova que a audiência não se cansou do Universo Cinematográfico da Marvel (MCU) depois de “Vingadores: Ultimato”. Claro, o fato de o filme ser divertido pacas definitivamente ajuda. Mas agora precisamos falar sobre aquelas cenas pós-créditos, então atenção aos SPOILERS.

Um retorno inesperado

No fim do longa, o Aranha (Tom Holland) enfrentou e derrotou seu inimigo Mysterio (Jake Gyllenhaal), que inicialmente se apresentava como um aliado. Acontece que as ameaças enfrentadas pelo suposto herói de outra dimensão não passavam de truques holográficos feitos com drones de projeção, com o objetivo de assumir o controle da tecnologia deixada por Tony Stark. 

Um tempo depois de toda a excursão de Peter Parker e sua turma pela Europa, vemos o garoto de volta a Nova Iorque, em um encontro nas alturas com MJ (Zendaya). Tudo parece estar nos conformes, quando os telões da Times Square transmitem um informe urgente do Clarim Diário. Antes de morrer, Mysterio gravou uma mensagem incriminando o Homem-Aranha pelos drones e se colocando como uma vítima da situação. 

Mas o que mais chama a atenção é quem dá a notícia: J. Jonah Jameson, interpretado por ninguém menos que J. K. Simmons, que reprisa seu papel do jornalista pé no saco da trilogia original do teioso. O contexto de sua aparição foi curiosamente repensado, colocando o Clarim Diário como uma espécie de canal sensacionalista da web, o “DailyBugle.net”. Antes que o informe termine, o vídeo conclui com uma grande reviravolta: a revelação da identidade do Homem-Aranha. Mysterio não só morreu como um herói, mas contou para o mundo todo que Peter Parker está por trás da máscara do Aranha, agora visto como um vilão.

Foto: Divulgação

O que isso significa?

Em primeiro lugar, o retorno de J. K. Simmons ao papel abre diversas possibilidades interessantes para o futuro da Marvel, incluindo especulações de um multiverso concreto. Se tanto no universo do Homem-Aranha de Sam Raimi quanto no de Jon Watts o jornalista J. Jonah Jameson é interpretado pela mesma pessoa, podemos estar diante de uma espécie de realidade paralela. Cogitando uma convergência, ver Tom Holland ao lado de Tobey Maguire  – e Andrew Garfield – é algo que com certeza levaria o público ao delírio. Por mais improvável que isso seja, não é exatamente impossível.

Pra sermos justos, a própria Marvel assumia a existência do multiverso na divulgação de “De Volta Ao Lar”, uma vez que Mysterio dizia ter vindo de outra Terra (o que só descobrimos depois que não é verdade) e o próprio Peter menciona. Pode ter sido um início falso, mas que futuramente venha a ser explorado de fato. É curioso também notar como a jornada do Aranha é construída para que ele seja o sucessor do Homem de Ferro até nesse quesito, uma vez que todos sabiam que Tony Stark estava por trás da armadura.

Foto: Divulgação

Férias intergaláticas

Na última cena, após todos os créditos, acompanhamos Nick Fury (Samuel L. Jackson) e Maria Hill (Cobie Smulders) conversando dentro do carro quando ambos se transformam e assumem sua forma extraterrestre, revelando que eles eram Skrulls o tempo todo. A reação e o choque inicial de muitos fãs tem a ver com a expectativa de que isso signifique que o MCU irá adaptar o clássico arco “Invasão Secreta” dos quadrinhos, em que os Skrulls se infiltram na Terra em posições de poder, dominando progressivamente o planeta.

Mas acontece que a cena acaba sendo subvertida e usada como uma piada quando vemos Nick Fury tomando um drink numa praia artificial dentro de uma enorme nave Skrull viajando pelo espaço. O agente então comanda os extraterrestres a voltarem ao trabalho. Diante disso, algumas questões ficam no ar: que trabalho é esse que os Skrulls estão desenvolvendo no espaço? Desde quando Talos (Ben Mendelsohn) e sua família se passam por Nick Fury e companhia? Ainda não sabemos, mas devemos conhecer mais sobre o futuro do MCU neste mês de julho, no painel reservado à Marvel na San Diego Comic-Con.

Foto: Divulgação