Cinco motivos para assistir Os Incríveis 2 nos cinemas

28/06/2018 - POSTADO POR EM Filmes
Post thumbnail

Nesta quinta-feira, 28 de junho, a sequência do nosso grupo de heróis favorito finalmente retorna após 14 anos de espera. “Os Incríveis 2” promete ainda mais ação, humor e diversão. Por isso, separamos alguns motivos para você não perder esse lançamento.

Começa onde terminou

“Os Incríveis 2” inicia exatamente onde o original termina. Após um evento esportivo do Flecha, a família de heróis se depara com um novo vilão, o Escavador. O filme termina com o grupo colocando os uniformes para iniciar a batalha. Então, é bom rever o primeiro longa para não ficarem perdidos! Lembramos que o jogo “The Incredibles: Rise of the Underminer” (2005), lançado para PC, PS2, Xbox, etc, já havia mostrado um pouco sobre essa batalha. Porém, a sequência no cinema, provavelmente, não deve seguir a mesma linha do jogo, tendo essa batalha como uma mera introdução à ação da história.

Sabemos que, de acordo com a sinopse oficial da nova animação, Helena irá ser chamada para ser o símbolo do retorno dos super-heróis, enquanto Beto irá se aventurar pela heróica vida normal com Violeta, Flecha e Zezé, cujo superpoderes estão prestes a serem descobertos. A nova missão da Mulher-Elástica não sai como esperado, quando um misterioso vilão surge com um plano capaz de ameaçar a todos. Mas a família Pêra não se amedronta, ainda mais com Gelado ao seu lado. Apesar dos acontecimentos do primeiro filme, os heróis ainda devem ser vistos como criminosos aos olhos da polícia; dessa forma, as ações da Mulher-Elástica devem causar impacto nesta situação e possivelmente trazer novos personagens… Quem sabe uma nova equipe?

Imagem: Divulgação

Holofotes na Mulher-Elástica

Dessa vez, quem vai se encarregar da máscara é Helena, que foi chamada para combater o crime novamente como Mulher-Elástica. Apesar de ficar em conflito se deveria ficar em casa com seus filhos e o marido, ela acaba aceitando e é reconhecida pela cidade como uma grande heroína, tornando-se uma celebridade. Helena acaba se apaixonando pela nova vida, demonstrando a todo instante que ela ama o que faz.

Dessa forma, esse será o primeiro investimento da Disney do gênero super-herói a ter uma personagem feminina como protagonista. Vale lembrar que o primeiro longa já falava bastante da mulher nesse mundo de “supers”, algo que deve ter maior destaque agora.

Imagem: Divulgação

O novo vilão

Apesar do ataque feito pelo Escavador, o verdadeiro vilão do novo longa é o misterioso Hipnotizador. Sabemos pelo fim do trailer que seu poder se baseia em telas para hipnotizar suas vítimas… Duh. Podemos ver o novo inimigo utilizando televisores e monitores para possivelmente anunciar seu plano. (Se não for explicar o plano maligno nem pode se chamar de vilão, não é mesmo?) Não há mais informações sobre a nova ameaça, provavelmente para não estragar a surpresa do filme.

Imagem: Divulgação

Os poderes de Zezé

No primeiro “Incríveis” e no curta “Ataque do Zezé” (2004), tivemos uma pequena amostra do potencial deste bebê. Beto, o sr. Incrível, agora estará em casa com Violeta, Flecha e o mais novo para salvar o dia da vida “normal”. Isso irá complicar quando a família descobrir que seu caçula também tem poderes, mais precisamente um canivete suíço de poderes.

Esse também era um dos motivos pelo qual o enredo se baseia logo após o fim da primeira narrativa. A infância de Zezé deveria ser algo importante para essa parte, de acordo com o diretor, Brad Bird, que gosta da ideia da imprevisibilidade da criança e de como ele irá se adaptar a novas situações – algo que não seria possível se ele já estivesse em uma idade avançada.

Imagem: Divulgação

Foco na família

Assim como no primeiro, “Os Incríveis 2” terá a instituição mais antiga como principal assunto a ser debatido. Veremos mais situações comuns de qualquer lar, como a dificuldade para fazer a lição de casa e não saber lidar direito com os sentimentos, algo comum na adolescência que deve ser debatido sobre Violeta. Como já dito, Helena irá focar na carreira de herói enquanto Beto cuidará das crianças. A animação deve mostrar que o lugar da mulher é aonde ela bem quiser.

Com Beto cuidando dos meninos pela primeira vez, poderemos entender mais do quão difícil é ser um pai ou uma mãe, ainda mais com os poderes imprevisíveis de Zezé. Apesar dos grandes feitos, essa é uma história de uma família unida e estamos loucos para ver nas telas esse amor novamente.

Imagem: Divulgação