5 Motivos Para Assistir Modern Love

31/10/2019 - POSTADO POR EM Séries

Que o Prime Video está concorrendo de forma acirrada com a Netflix não é mais surpresa para ninguém, o serviço de streaming da Amazon segue surpreendendo os mais variados públicos. A nova atração que chamou atenção é a série “Modern Love”, que apesar de se vender como uma comédia romântica, apresenta doses de humor e drama.

Assistimos todos os episódios e vamos contar cinco razões para você não perder essa produção.

1. Cada episódio, uma história

“Modern Love” é uma antologia, um compilado de oito histórias de amor com as mais diversas tramas e desenrolares. As histórias são inspiradas em fatos reais, baseadas em uma coluna de mesmo nome do jornal americano The New York Times. Para quem não tem tempo de assistir vários episódios ou só quer curtir algo rapidinho, sem ficar ansioso pelo final, essa é uma excelente pedida.

Antes que você comece a acompanhar de forma randômica, saiba que apenas o último episódio deve ser assistido na ordem que é indicada, tanto para evitar spoilers, quanto para entender a série. Fica a dica!

Foto: Divulgação

2. Nomes famosos

Para quem sentia saudades de Tina Fey, conhecida pela série “30 Rock” (2006 – 2013) e pelo filme “Meninas Malvadas” (2004) e Anne Hathaway, por exemplo, você pode encontrar as duas aqui. O episódio em que Hathaway protagoniza é um dos mais emocionantes, a temática é forte e ela consegue entregar um papel que mescla humor e emoção, sem estereótipos, sendo impossível não ficar tocado de alguma forma. Tina consegue dar vida a uma protagonista bem longe do que estamos acostumados, beirando mais o drama que humor. 

Outros rostinhos conhecidos que você vai encontrar no elenco são: Dev Patel (Quem Quer Ser um Milionário, Lion: Umas Jornada Para Casa), Cristin Milioti (How I Met Your Mother, Black Mirror), Andrew Scott (Fleabag, Sherlock), Sofia Boutella (Kingsman: Serviço Secreto, A Múmia).

Quanto à direção, a maioria dos episódios são dirigidos por John Carney, responsável pelo filme “Mesmo Se Nada Der Certo” (2014), que também tem como plano de fundo um romance. Outros bem conhecidos são os atores Andy Garcia, “O Poderoso Chefão 3” (1990) e Dev Patel, “Quem Quer Ser Um Milionário” (2009), além de outros nomes pesados de Hollywood.

Foto: Divulgação

3.Variedade de enredos  

Por serem histórias soltas e que têm inspiração no cotidiano, cada um dos episódio de 30 minutos aborda com uma perspectiva diferente o amor. Algumas são mais clichês, daquela forma bem “felizes para sempre”, outras têm um teor mais reflexivo, poético ou longe do chamado “amor romântico”. 

O fato é que como o plano de fundo é o cotidiano atual e a loucura da vida moderna, nem tudo são flores, logo não podemos esperar que tudo será perfeito. Essa é uma das formas de segurar o espectador, subverter suas expectativas.

Foto: Divulgação

4. Ah, Nova Iorque

Mesmo quem nunca viajou para Nova Iorque se sente atraído e tem pelo menos uma vontade de conhecer a cidade que nunca para. Aproveitando-se disso, as locações foram estratégicas, existem inúmeros cartões postais da cidade e que não estão lá por acaso. Eles se encaixam muito bem dentro dos episódios. Assim como em “Sex And The City” (1998-2004), outra série que tem como cenário a metrópole, os personagens desfrutam de uma relação com o local bem pessoal, fazendo parte de suas personalidades.

Foto: Divulgação

5. Trilha sonora

Para quem acha que a trilha precisa casar perfeitamente com trama, aqui vai um presentão. Algumas músicas ajudam a contar a história e participam da cena junto com o personagem. Então a série é um musical? Não mesmo! Aqueles que não são fãs dos enredos cantados, podem ficar tranquilos, não tem “dancinha” estilo filme da Disney.

Mas se você amou a cena de “Os Miseráveis” (2012) em que Anne Hathaway canta “I Dreamed a Dream”, prepare-se, pois você terá uma surpresa incrível.

Foto: Divulgação