10 anos de Sherlock: 7 curiosidades sobre a série

25/07/2020 - POSTADO POR EM Séries

Sucesso de crítica e de audiência, Sherlock, da BBC, se firmou como uma das melhores séries da última década. Já fazem 10 anos que, em 25 de julho de 2010, a adaptação para TV das aventuras do detetive mais famoso da história estreou no canal britânico, conquistando fãs pela qualidade técnica e de atuação. Para comemorar essa data, apresentamos 7 curiosidades sobre o seriado, que chegou ao fim em 2017 após sua 4ª temporada.

Mesmos pais

Os pais de Benedict Cumberbatch, que interpreta Sherlock Holmes, aparecem em 3 episódios da série como… os pais de Sherlock. Isso mesmo. 

Uma vez que Wanda Ventham e Timothy Carlton são atores também, os criadores decidiram incluí-los na produção. Mas não, Mark Gatiss, que interpreta o irmão mais velho Mycroft, não é parente deles.

Foto: Divulgação

Ficção ou realidade?

Amanda Abbington, que interpreta Mary Morstan, esposa de John Watson na terceira temporada, era casada na vida real com o ator Martin Freeman. Os dois tem dois filhos e se separaram em 2016, mas formaram um icônico casal na série.

Foto: Divulgação

Passagem pela Marvel

Os atores das 3 últimas adaptações de Sherlock (Benedict Cumberbatch, Robert Downey Jr. e Ian McKellen) compartilham de outra experiência no mundo da ficção audiovisual: todos tiveram participação em filmes do universo da Marvel.

Cumberbatch interpretou Dr. Stephen Strange, Downey fez história como o Homem de Ferro e McKellen foi o 1° Magneto das telonas, embora não tenha contracenado com os dois primeiros, que fizeram o encontro de Sherlocks em Guerra Infinita e em Ultimato.

Fotos: Divulgação

Boom de vendas

Após a estreia do 1° episódio na TV em 2010, a venda livros de Sherlock Holmes mais que dobrou na semana inicial no Reino Unido, de acordo com a Nielsen BookScan, que fornece dados de publicações de livros.

Comparado ao ano de 2009, o número de exemplares vendidos passou de 57 mil para 88 mil em 2010. Um crescimento de 53%, que continuou em 2011. Apesar do filme Sherlock Holmes ter estreado em 2009, acredita-se que a série foi o maior impulsionador dessa estatística.

Foto: Divulgação

Sem segunda opção

Benedict Cumberbatch foi a única pessoa a fazer testes para o papel de protagonista. O criador da série, Steven Moffat ficou impressionado pela performance do ator em Desejo e Reparação (2007) e viu nele o intérprete perfeito para o papel do detetive sociopata.

O outro criador, roteirista e também ator Mark Gatiss – inclusive interpretou Mycroft, irmão mais velho de Sherlock – ele havia trabalhado com Ben antes e aprovou a escolha de seu colega. Nenhuma outra pessoa foi chamada para testes para o personagem. Bem, não podemos dizer que erraram…

Foto: Divulgação

Martin Freeman não sabia dirigir

Em Londres, é comum alguns habitantes nunca aprenderem a dirigir por usar o transporte público da cidade. Ter um carro é um gasto desnecessário pela praticidade e eficiência da capital bem conectada. Até 2013, Martin Freeman era uma dessas pessoas.

As cenas até a 3ª temporada nas quais John dirige eram manipuladas devido ao ator nunca ter aprendido. Ele só mudou isso durante as gravações de Fargo, série americana na qual seu personagem se deslocava muito com um automóvel. Então, a partir da temporada final de Sherlock, ficar atrás do volante não era mais um problema para o ator.

Foto: Divulgação

Moriarty só aparece uma vez nos livros de Conan Doyle

Apesar do Moriarty ser o vilão mais lembrado das histórias de Sherlock e figura constante na série, o personagem aparece somente uma vez nos livros. Dos 56 contos de Doyle acerca das aventuras do detetive, o icônico gênio do crime faz sua 1ª e única aparição no conto “O Problema Final”, aquele em que o inimigo e o herói teoricamente caem juntos das Cataratas de Reichenbach.

Na literatura, Moriarty é citado em outros 5 contos: “A Casa Vazia”, “O Construtor de Norwood”, “O Atleta Desaparecido”, “O cliente ilustre” e “O último adeus de Sherlock Holmes”.

Devido à marcante interpretação de Andrew Scott, que alavancou o sucesso de Moriarty entre os fãs, a adaptação do vilão para a TV apareceu em 9 dos 15 episódios da produção.

Foto: Divulgação